Cultura: Hoje a cultura ficou um pouco mais órfã com a morte do ator Elias Gleizer.

Elias Gleizer
Elias Gleizer

 

 

 

Morreu hoje (16), no Rio de Janeiro, aos 81 anos, o ator de cinema e televisão Elias Gleizer. Filho de judeus poloneses, Gleizer nasceu em São Paulo, no dia 4 de janeiro de 1934. Ele estava internado no Hospital Copa D’Or desde o dia 6. A assessoria do hospital informou que aguarda a liberação da família para informar as causas da morte do ator.

 

Seu primeiro papel na televisão foi na novela José do Egito, na extinta TV Tupi. A última participação de Elias Gleizer ocorreu na novela Boogie Oogie, da TV Globo. O ator participou de 50 novelas na televisão brasileira.

 

 

 

A atriz e diretora Cristina Pereira conheceu Gleizer na TV Tupi, nos anos de 1970. Ela lamentou a perda. “Era um ator maravilhoso, porque fazia todos os papéis com incrível ternura, com incrível habilidade de dizer o texto e de construir as personagens. Não tem uma pessoa que não goste e não tenha admiração profunda pelo Elias. Um grande ator, que fica na história para sempre, porque tem uma presença marcante na televisão. São anos e anos de trabalho”.

 

 

 

Embora não tenha trabalhado com Gleizer, Cristina disse ter pelo ator uma grande admiração. “De ontem para hoje, o céu está cheio de estrelas”, acrescentou, referindo-se à morte de B.B.King, na madrugada de ontem (15), em Las Vegas, Estados Unidos, aos 89 anos. “Será uma parceria muito bonita.”

 

 

Da Redação