USF: Alunos de Engenharia Civil da Universidade São Francisco de Bragança Paulista vencem desafio internacional

Alunos de Engenharia Civil de Bragança Paulista vencem desafio internacional
Alunos de Engenharia Civil de Bragança Paulista vencem desafio internacional

 

Os alunos do Curso de engenharia Civil da Universidade São Francisco (USF), do Campus Bragança Paulista, juntamente com os professores, Daniel Loureiro e Marcelo da Silva, venceram o Desafio Acadêmico SAMPE (Sociedade Americana de Materiais e Pesquisa em Engenharia), realizado nos dias 8 e 9 de novembro, em São Paulo.

 

 

 

O desafio acadêmico ocorre no IV Congresso Internacional SAMPE Brasil na FEIPLAR COMPOSITES & FEIPUR 2016 tem como objetivo proporcionar, aos alunos de universidades e de instituições de ensino de todos os cursos relacionados à área de Tecnologia de Materiais, uma experiência real de projeto de uma estrutura de material composite, obedecendo regras e especificações preestabelecidas, tendo seu projeto avaliado e validado por uma banca formada por profissionais respeitados na Indústria de Composites.

 

 

 

 

Os alunos venceram nas categorias Viga perfil Tipo I de Fibra de Vidro (1º lugar) e Viga perfil Tipo Quadrado de Fibra de Vidro (2º lugar). Confira a composição de cada grupo vencedor:

 

 

 

 

 

Grupo 1 – Viga perfil Tipo I de Fibra de Vidro
Orientador: Professor Daniel Loureiro
Alunos:
Líder do Time: Josuel Alves Ananias da Silva
Gabriel Martins de Lima, Adonay Bruno Oliveira da Silva e Byron Marc Michellepis

 

 

 

Grupo 2 – Viga perfil Tipo Quadrado de Fibra de Vidro
Orientador:Professor Marcelo Silva
Alunos:
Líder do Time: Rosane Sinato Roberto
Lucas da Silva Cardoso, Ricardo Augusto de Sousa, Jadir Fabiano da Silva Arruda e Felipe Cesar de Lima Souza

 

 

 

 

A atividade cria forte interação aluno-indústria e promove o talento do estudante diretamente ao mercado de trabalho. Este desafio, conhecido mundialmente como “Student Bridge Contest” (DESAFIO ACADÊMICO DA PONTE), não tem objetivo mercadológico, visando a introdução de pontes em material composites. Este trabalho visa única e simplesmente o contato do nível acadêmico com a tecnologia dos materiais composites e o processo de aprendizagem. Para o coordenador do Curdo de Engenharia Civil, professor Marcelo Bardi, a participação é um estimulo para alunos e professores. “Atividades como essa aproxima alunos e professores do mercado de trabalho na área e da inovação. Desperta o espírito de cooperação, estimula os alunos e promove a inovação para competições importantes da área”, explicou o coordenador.

 

 

 

 

Os alunos em conjunto com os professores trabalharam no projeto e também na fabricação das duas vigas, para isso os alunos foram visitar um fabricante de peças de avião monomotor, na cidade de Socorro, para aprender mais sobre os processos envolvidos. O material base para a confecção das peças foram doados aos alunos por parceiros dos organizadores do desafio.

 

 

 

Da Redação com informações da USF