USF: A Universidade São Francisco recebeu delegação e Cônsul da Bélgica para formalização de convênio com a Ghent University

A Universidade São Francisco recebeu delegação e Cônsul da Bélgica para formalização de convênio com a Ghent University
A Universidade São Francisco recebeu delegação e Cônsul da Bélgica para formalização de convênio com a Ghent University

 

 

A Universidade São Francisco (USF) recebeu no Campus Bragança Paulista, uma delegação de representantes da Bélgica, para a assinatura de um convênio com a Ghent University para o Curso de Medicina. A delegação contou com a presença do Cônsul Geral da Bélgica no Brasil, Didier Vanderhasselt, da professora doutora Sara Willems, do Departamento de Medicina da Família e Saúde Básica da Ghent University e docentes da instituição.

 

 

Estiveram presentes no evento o reitor da USF, professor Joel Alves de Sousa Júnior, a Pró-Reitora de Ensino, Pesquisa e Extensão (PROEPE), professora Iara Andrea Alvares Fernandes, o Coordenador da Pastoral Universitária e do Núcleo de Extensão Universitária (NEXT), Frei Thiago Alexandre Hayakawa, OFM, a diretora do Campus Bragança Paulista, professora Márcia Aparecida Antônio, o diretor do Campus Itatiba, professor Carlos Eduardo Pizzolatto, a Coordenadora do Núcleo de Relações Internacionais (NRI), professora Cristiane Ferraz e Silva Suarez, além dos coordenadores e professores dos cursos de Medicina, Fisioterapia e Enfermagem da USF.

 

 

 

Durante a abertura da reunião da assinatura da parceria de intercâmbio, o reitor da USF, professor Joel Alves de Sousa Júnior, destacou a importância de fechar acordos com instituições que tem filosofias semelhantes a da USF. “A Bélgica é um país importante em vários setores, principalmente na área que o Curso de Medicina pretende se desenvolver, a saúde básica. Esta área está de acordo com projetos crescentes do Governo Federal, com a filosofia da Universidade e com o projeto pedagógico do Curso de Medicina. No Brasil, a área da medicina básica é de fundamental importância para o nosso momento. A contribuição que esse convênio irá dar para a USF e para a educação médica brasileira é fundamental”, afirmou o reitor.

 

 

 

 

O Curso de Medicina da USF a cada ano vem agregando programas de internacionalização na formação de seus alunos, para o coordenador do Curso, professor Luiz Fernando Paulin, a parceria com outros países é fundamental para o enriquecimento da formação de futuros médicos. “A Bélgica tem tradição na saúde coletiva, que vai ao encontro das nossas diretrizes curriculares de atenção básica”, ressaltou o coordenador.

 

 

 

A Unviersidade de Ghent foi fundada em 1817, nos últimos 200 anos teve entre seus docentes profisisonais relevantes para o mundo, como vencedor do Prêmio Nobel Corneille Heymans, Robert Cailliau (co-inventor da Internet), Dirk Frimout (astronauta) e Jacques Rogge (ex-presidente do COI). Tem mais de 40 mil estudantes e 9 mil funcionários. Sua missão é ser uma Universidade comprometida socialmente e pluralista. A Faculdade de Medicina de Ghent visa promover a abordagem interdisciplinar entre os cursos da área da saúde. Investe constantemente em pesquisas científicas que contribuam para a solução de problemas clínicos e sociais na área da saúde.

 

 

 

Para o Cônsul da Bélgica, a assinatura do convênio foi um momento especial, pois é da cidade de Ghent. “É mais do que especial estar aqui hoje. Para a Bélgica, a abertura para o mundo faz parte da nossa tradição. Quando o governo brasileiro começou essa política de cooperação com outros países na área acadêmica, a Bélgica foi um dos países que participaram do início do programa Ciências Sem Fronteiras. Essa cooperação com Universidades do Brasil é um novo caminho”, contou o Cônsul.

 

 

 

Visita

 

 

 

A delegação da Bélgica também visitou o HUSF, conheceu a infraestrutura dos Cursos de Medicina e Fisioterapia da USF e também as Unidades Básicas de Saúde, em que os alunos e docentes da USF atuam. As visitas foram acompanhadas pela coordenadora do NRI, professora Cristiane Ferraz e Silva Suarez, pelo coordenador de estágio na área de saúde coletiva do Curso de Medicina da USF, professor Edson Masera Terra, pelo coordenador do Curso de Medicina, professor Luiz Fernando Paulin, pela coordenadora do Curso de Fisioterapia, professora Patricia Teixeira Costa, pela professora do curso de medicina, Liz Ponnet e pela representante da Secretaria de Saúde de Bragança Paulista, a enfermeira Carina Nogueira Alves.

 

 

 

O docente da Ghent, Piet Vanden Bussche, também realizou uma palestra para os professores e alunos do Curso de Medicina sobre o sistema de cuidados primários à saúde na Bélgica.
 

 

SOBRE A USF

 

 

 

A Universidade São Francisco (USF) é uma instituição de ensino superior, sem fins lucrativos, com 38 anos de tradição e mais de 10 mil alunos matriculados. Presente nas cidades de Bragança Paulista, Campinas, Itatiba e São Paulo, oferece estrutura completa para mais de 40 cursos de graduação e 30 de pós-graduação, incluindo três programas Stricto Sensu. Os alunos da instituição contam ainda com o Núcleo de Empregabilidade e Empreendedorismo e o Núcleo de Relações Internacionais, que promovem formação profissional e intercâmbio estudantil por meio de parcerias com universidades estrangeiras. Inspirada no lema “Educação para a Paz” e movida pelo seu Patrono, São Francisco de Assis, tem como missão a produção e a difusão de conhecimento, da fraternidade e da solidariedade.

 

 
Fonte: Da Redação com informações de Agências de Notícias e USF