Bragança Paulista – Política: Secretária Municipal de Educação de Bragança não comparece em comissão da Câmara para prestar informações.

Secretária Municipal de Educação de Bragança não comparece em comissão da Câmara para prestar informações. – Foto: Divulgação.

 

 

A Comissão de Educação e Cultura, Esporte, Saúde, Saneamento e Assistência Social realizou, nesta quarta-feira (3/10), a 35ª Sessão Semanal do ano. Na oportunidade os vereadores aguardavam esclarecimentos da secretária Municipal de Educação, Kátia Daidone, que justificou a ausência em razão de compromissos no Gabinete do prefeito e deve ser ouvida na próxima sessão (17/10). A notícia de gestão compartilhada na rede foi informada pelo vereador Marcus Valle, durante a 35º Sessão Ordinária da Câmara (2/10).

 

 

Na ordem do dia os vereadores encaminharam para a aprovação a moção 56/18, de autoria do vereador João Carlos Carvalho, que sugere ao Governo do Estado de São Paulo a implantação da monitoria estudantil na rede estadual de ensino. Com relatório da vereadora Rita Leme, a matéria deve seguir para votação em Plenário.

 

 

 

 

“A implantação da monitoria estudantil na rede estadual de ensino deve proporcionar muitos benefícios aos envolvidos, estimulando o apoio mutuo em atividades de sala de aula. Os monitores terão a oportunidade de desenvolver competências e conhecer na prática como é ser professor”, destacou Rita.

 

 

 

 

Composta pelos vereadores Natanael Ananias (presidente), José Gabriel (vice), Antonio Bugalu, Dr. Claudio e Rita Leme, a Comissão se reúne na quarta-feira (17/10), às 9h, na Câmara Municipal (Praça Hafiz Abi Chedid, 125, Jardim América). Os trabalhos podem ser acompanhados pela internet.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes do Departamento de Comunicação Institucional da Câmara Municipal de Bragança