Bragança Paulista: Vereadores aprovam mudança da data-base para servidores da Câmara Municipal

Câmara Municipal de Bragança Paulista
Câmara Municipal de Bragança Paulista

 

 

 

 

A Câmara Municipal da Estância de Bragança Paulista realizou na tarde de ontem a 19ª sessão ordinária de 2015, na qual aprovou, por unanimidade, mais dois projetos. O primeiro altera a data-base para os servidores públicos da Câmara Municipal. O segundo concede o Título de Cidadão Bragantino a José Ribamar Borges Mendes.

 

 

O projeto de lei complementar 18/2015, de autoria da Mesa Diretora da Câmara, fixa em 1º de março de cada ano a data-base para o reajuste da remuneração dos servidores públicos da Câmara Municipal de Bragança Paulista e deliberação sobre o conjunto de reivindicações desses servidores.

 

 

 

 

O vereador Padre Juzemildo se manifestou sobre o projeto, explicando “Creio que somos todos favoráveis. É um direito do funcionalismo ter um organismo que os represente. Por isso essa proposta de se filiar a Fenalegis (Federação Nacional dos Servidores dos Legislativos e Tribunais de Contas Municipais)”, disse.

 

 

 

 

Em seguida, os vereadores votaram em turno único o projeto decreto legislativo 3/2015, de autoria do vereador Jorge Luís Martin (do Proerd), que concede o Título de Cidadão Bragantino a José Ribamar Borges Mendes.

 

 

 

 

“Dr. Mendes é uma pessoa fundamental para Bragança. O trabalho que desenvolveu e desenvolve é louvável. O mínimo que podemos fazer por ele é condecorar esse trabalho com o título de cidadão bragantino. Dr. Mendes só engrandece o nome de nossa cidade”, justificou o autor da homenagem.

 

 

 

Encerrada a votação da pauta do dia, a sessão teve continuidade com as manifestações de vereadores inscritos.

 

 

 

Tribuna Livre

 

 

 

 

O presidente da Associação Mata Ciliar, Jorge Bellix Campos, fez uso da Tribuna Livre para apresentar o trabalho desenvolvido pela associação na região.Bellix foi apresentado pela vereadora Gislene Bueno e explicou as diferentes frentes nas quais atuam, como Fauna, Flora, Extensão Rural, Educação Ambiental entre outros.

 

 

 

O destaque maior foi o trabalho com o Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres), que funciona em Jundiaí, mas já atendeu 489 animais de Bragança Paulista, entre 2012 e 2015.

 

 

 

A vereadora Gi defendeu a importância do trabalho de Bellix e seus colaboradores, pedindo maior atenção do Executivo para isso “A Administração Municipal precisa ter um olhar diferenciado, investir mais recursos e também na infraestrutura da Associação, para que eles possam desenvolver um trabalho tão grandioso como o que desenvolvem em Jundiaí ou Pedreira”, concluiu.

 

 

 

A próxima sessão ordinária será realizada na terça-feira, 16 de junho, às 16h, no Plenário da Câmara Municipal.

 

 

 

 

Fonte: Da Redação com informações provenientes de Agências Nacionais e do Departamento de Comunicação Institucional da Câmara Municipal de Bragança Paulista