Bragança Paulista – Segurança: Ignóbeis que se consideram seres humanos levam morador de rua à morte em Bragança

LUTO

Este é mais um daqueles casos que  Ignóbeis*, os quais se consideram seres humanos, e se acham melhores que os outros, e não pensam nas consequências de  que uma brincadeira de mau gosto pode ser fatal.

 

 

O fato ocorreu na noite da última terça-feira(16), segundo apuraram os Guardas Civis Municipais que  atenderam a ocorrência,  o morador de rua que também fazia trabalhos pontuais como servente de pedreiro, identificado como W. B. S. Filho, 35 anos, estava à margem do Lago do Taboão, próximo a uma churrascaria, quando um grupo de pessoas teriam lhe prometido R$ 10,00 e um litro de pinga se ele nadasse até a outra margem, na Av. Dom Pedro I.

 

 

Provavelmente por estar com fome e necessidade de espantar o frio que fazia naquela noite, o W. B. S. Filho aceitou a proposta, mas quando estava no início da  travessia passou mal e começou a se afogar.

 

 

O Corpo de Bombeiros, SAMU e GCM  foram acionados por volta de 21h00, porque um homem tinha entrado para nadar e submergiu. O corpo foi encontrado há cerca de três metros de profundidade, já sem vida.

 

 

 

O corpo de W. B. S. Filho foi encaminhado ao IML para exames necroscópicos e a ocorrência foi registrada no Plantão Central da Polícia Civil.

 

 

 

* Ignóbeis – Ignóbeis é o plural de ignóbil. O mesmo que: baixos, vis, infames, abjetos, asquerosos, desprezíveis.

 

Da Redação.