Bragança Paulista – Saúde: SAMU Regional Bragança inicia novo projeto em parceria com o HUSF

SAMU de Bragança

Na busca por inovações e com a finalidade de melhorar a qualidade de assistência no atendimento ao público, a Prefeitura de Bragança Paulista, por meio da Secretaria de Saúde, através do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, em parceria com o Hospital Universitário São Francisco, iniciou novo projeto para transporte de bolsas de sangue, 24 horas por dia, nas viaturas de Suporte Avançado, para oferecer à população em casos de choque hemorrágico.

 

 

De acordo com o Coordenador Regional do SAMU, Israel da Silva, o transporte de bolsas de sangue é uma estratégia segura, que pode beneficiar vítimas politraumatizadas, pacientes com hemorragia digestiva ou puérperas com sangramento abundante.

 

 

Nos últimos anos, o tratamento do choque hemorrágico vem sendo modificado, em que se pauta no controle de hemorragias, hipotensão permissiva, quando possível, controle de danos, uso parcimonioso de cristalóides e indicação precoce de hemocomponentes.

 

 

“Países como Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Irlanda, entre outros, há alguns anos dispõem de componentes sanguíneos em suas ambulâncias e helicópteros, onde estudos civis e militares demonstraram redução de mortalidade.” disse Lucas Certain, Coordenador Médico do SAMU. Lucas ainda informou que o SAMU Regional de Bragança é o primeiro serviço de resgate da América do Sul a ter disponível, unidades de concentrado de hemácias nas viaturas de Suporte Avançado.

 

 

No Brasil, o trauma é responsável pela principal causa de óbito em indivíduos entre 1 a 44 anos. Causas de morte prevenível precoce são sangramentos – em 1° lugar –, seguidos pneumotórax hipertensivo, tamponamento cardíaco e obstrução de via aérea.

 

 

Da Redação com informações enviadas pela Divisão de Imprensa Bragança Paulista