Bragança Paulista: Prefeitura de Bragança Paulista sorteou o endereço de 423 famílias que ocuparão o Conjunto Nicola Cortez

Prefeitura de Bragança Paulista sorteou o endereço de 423 famílias que ocuparão o Conjunto Nicola Cortez
Prefeitura de Bragança Paulista sorteou o endereço de 423 famílias que ocuparão o Conjunto Nicola Cortez

Na manhã do último sábado, 423 famílias ficaram mais perto do sonho da casa própria graças ao ‘Moradia Popular’, o maior programa habitacional de Bragança Paulista. No ginásio municipal Dr. Lourenço Quilici, os habilitados do Conjunto Nicola Cortez participaram do sorteio de endereços de suas novas moradias.

 

 

A primeira a conhecer seu novo endereço foi Rosilene Moreira, que morou por 17 anos na rua São Marcos, no Bairro do Cruzeiro, e teve que sair após a residência ser interditada pela Defesa Civil. “A casa estava com risco de desabar, só que não tínhamos pra onde ir, principalmente com oito crianças. Mas a Prefeitura nos ajudou. Quando eu mais precisei o prefeito foi o único que estendeu a mão pra mim, que fez algo. Só tenho a agradecer”, relatou. A diarista disse ainda que a casa mudará completamente sua vida. “Muda tudo. Agora posso arrumar um emprego registrado e pagar certinho a casa, pois vou pagar o que é meu.”

 

 

Em seguida, houve o sorteio dos deficientes e idosos, que também tiveram urnas separadas. Após isso, ocorreu o sorteio geral. O funcionamento do sorteio de endereços foi aprovado por unanimidade em assembleia geral na semana passada, durante o trabalho técnico social da Prefeitura.

 

 

 

Outro dos contemplados no conjunto Nicola Cortez é Antônio Almeida, de 47 anos. Deficiente visual há cinco anos em razão de um coma gerado pela diabete alta, o pastor disse que a conquista da casa própria irá ajudá-lo a superar ainda mais suas dificuldades. “Hoje é o dia da conquista. Agora vou superar ainda mais os obstáculos, pois estarei dentro da minha casa, feliz. Isso me deu forças para viver”, afirmou. Antônio também teve de sair do imóvel anterior, que estava condenado, com risco de desabar. Por não ter condições de procurar outro local para morar, a Prefeitura o ajudou com aluguel social. “Não tenho palavras para descrever este momento. Quero que Deus abençoe muito a vida do Fernão Dias por nos ajudar a chegar onde estamos chegando hoje”, declarou.

 

 

Na manhã do último sábado,11/4/15, 423 famílias ficaram mais perto do sonho da casa própria graças ao ‘Moradia Popular’…

Posted by Portal Bragança on Segunda, 13 de abril de 2015

 

 

 

O sonho da casa própria

 

 

Durante o sorteio, o prefeito Fernão Dias fez questão de mostrar à população sua satisfação em realizar o sonho da casa própria. “Tenho um compromisso com Deus de dar dignidade ao povo bragantino e é isto que estou fazendo. Orgulho-me de ser prefeito e ver a alegria de vocês em ter conquistado um dos maiores bens de uma pessoa, a casa própria”, falou o prefeito. Fernão também destacou a execução do maior programa habitacional que o município já teve, que entregará até o final da gestão 1.645 moradias. “São mais de R$ 140 milhões de investimento. Com isso, em quatro anos será entregue à população mais de uma casa por dia.”

 

 

 

Também participaram do sorteio, a vice-prefeita Profª Huguette, a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Rosangela Leme, representantes do Legislativo, secretários municipais, entre outras autoridades locais. Para Rosangela Leme, esta conquista só foi possível graças ao trabalho árduo do prefeito e sua prioridade com os mais carentes. “A conquista da casa própria é muito importante. Por essa razão vocês não veem o prefeito na rua, porque ele fica na Prefeitura trabalhando e se dedicando à população. Bragança merece que gente séria administre o dinheiro dos bragantinos”, enfatizou.

 

 

A vice-prefeita Profª Huguette destacou a semelhança entre Fernão Dias e Nicola Cortez, além de ressaltar que a atual gestão prioriza a concretização de sonhos. “O ex-prefeito Nicola Cortez, com quem trabalhei, era visionário e tinha um olhar muito humano aos mais pobres. Assim também é o Fernão Dias, que sempre priorizou os mais carentes. Esta gestão não dá papel, mas sim tijolos”, declarou.

 

 

Próximos sorteios

 

 

O conjunto habitacional Nicola Cortez, que foi sorteado no sábado, possui 400 apartamentos e 23 casas. Com isso, foi necessário ocorrer sorteios separados. Os contemplados para a casa foram analisados pelos critérios sociais de conceito de moradia pelo IBGE, como: famílias mais numerosas, famílias com pessoas idosas e deficientes em sua composição, beneficiários de programas anteriores e famílias com maior tempo de moradia em Bragança. Nas próximas semanas serão agendadas as visitas nas unidades para averiguação do bom funcionamento da estrutura e das instalações.

 

 

A atual administração já entregou até o momento 145 casas do Bragança LU e mais 51 do Bragança F2, em que as famílias esperavam há 12 anos pela casa própria. Este ano ainda ocorrerão sorteios e a entrega dos conjuntos Dr. Tártari e Padre Zecchin, com 151 unidades, que também seguirão o critério de priorizar as famílias em vulnerabilidade social. Já o maior conjunto habitacional que a atual Administração entregará, o Marcelo Stéfani, com 720 unidades, seguirá critério diferente. Todas as pessoas que estão cadastradas com renda familiar bruta de até R$ 1.600 participarão. Além disso, serão entregues ainda no primeiro semestre deste ano 155 unidades restantes do Bragança F2. Ao todo, 1645 moradias serão entregues nesta gestão. O maior programa habitacional de sua história.

 
Da Redação