Bragança Paulista: Prefeitura de Bragança divulgou previsão e a arrecadação real do IPTU em 2017

Prefeitura de Bragança divulgou previsão e a arrecadação real do IPTU em 2017

 

 

A Prefeitura de Bragança Paulista, por meio da Secretaria Municipal de Finanças, para fins de transparência fiscal e quanto ao comportamento do recurso do IPTU – Imposto sobre Propriedade Territorial e Urbano do exercício de 2017, informa que:

 

 

 

 

A atual Administração realizou o chamamento público para credenciamento das instituições bancárias, pois havia apenas a Caixa Econômica Federal, o que trouxe grandes transtornos para recolhimento do imposto e arrecadação no ano de 2017. Até o momento o credenciamento conta com os bancos Mercantil do Brasil S/A, Banco do Brasil S/A e Banco Bradesco S/A, e em fases finais de parametrização de sistemas e documentos, os bancos Santander e Itaú S/A.
 

 

 

 

Foi previsto no orçamento elaborado em 2016 e para arrecadação do IPTU para o ano de 2017, o valor total de R$ 67.786.941,00 e o total arrecadado até abril representa apenas 54% do total previsto, ou seja, R$ 36.279.694,86, conforme gráfico a seguir:

 

 

 

 

 
Realizado comparativo entre o ano de 2017 e o ano de 2016 e foi constatado uma alta no recebimento de 2017 de apenas 9,86%, porém descontando a inflação de 7,87%, Decreto Municipal 2.372/2016 que reajustou o imposto, o percentual arrecadado a maior no período foi de apenas 2%.

 

 

 

 
Dos valores arrecadados com o IPTU são transferidos 15% para a conta de recursos próprios para pagamento dos gastos com saúde, 25% são transferidos para a conta de recursos próprios para pagamento dos gastos com educação e 60% é de livre movimento podendo-se pagar despesas gerais com folha de pagamentos, contratação de serviços de terceiros pessoas física e jurídica, materiais de consumo, equipamentos e obras, etc.

 

 

 

 

 
Da Redação com informações provenientes da DIMP/BP