Bragança Paulista – Política: Vereadores recebem informações sobre mudanças na coleta de exames laboratoriais no posto das Águas Claras entre outros.

Vereadores recebem informações sobre mudanças na coleta de exames laboratoriais no posto das Águas Claras entre outros.

 

Os vereadores Natanael Ananias, Antonio Bugalu e José Gabriel Cintra Gonçalves estiveram reunidos, na manhã da última sexta-feira (09), com a secretária Municipal de Saúde, Marina de Oliveira, para buscar informações sobre as recentes mudanças realizadas pela secretaria em relação à coleta de exames laboratoriais. Os membros da Comissão de Educação e Cultura, Esporte, Saúde, Saneamento e Assistência Social foram à reunião após receberem diversas reclamações, especialmente dos pacientes atendidos pelo posto Águas Claras e que passaram a fazer as coletas na Santa Casa.

 

 

 

 

Marina explicou então que a mudança visa beneficiar os munícipes. “A intenção da secretaria é manter os exames na Santa Casa. Queremos fazer a coleta direto no laboratório, ampliando também os dias da semana em que os exames sejam realizados. Voltar para a unidade é retroceder em tempo de entrega dos resultados”, considerou a secretária.

 

 

 

 

A princípio, os vereadores imaginaram que a mudança havia ocorrido em decorrência das obras na unidade. Marina explicou que as reformas devem ser retomadas em breve, tanto no Jardim Águas Claras como em outras unidades, mas a mudança da coleta de exames laboratoriais ocorreu para que haja aumento de vagas e maior velocidade na entrega do resultado ao munícipe.

 

 

 

 

Segundo apresentado, as unidades de saúde dos bairros Arara dos Mori, Biriça do Valado, Mãe dos Homens, Morro Grande da Boa Vista, Santa Luzia, Jardim Águas Claras I/II e Henedina Cortez estão com atendimento no laboratório da Santa Casa. Já as unidades Planejada I/II, Hípica Jaguari, Madre Paulina e Parque dos Estados I/II são atendidos na unidade laboratorial do Mendonça.

 

 

 

“Mudamos o local de atendimento, mas estamos fazendo um aumento gradativo do número de coletas. Se o paciente ia fazer o exame em 15 ou 20 dias ele passa a ter cotas por três ou quatro dias da semana, tendo um adiantamento desse resultado. Tenho um diagnóstico muito mais rápido. Quero chegar ao ponto de não termos mais dias de coleta específicos, mas ter os laboratórios funcionando para que o paciente possa ir sem ter que agendar”, justificou Marina.

 

 

 

 

Foi informado que a Prefeitura buscará aditar o contrato da Santa Casa para aumentar a cota de exames para todas as unidades. “Estamos indo aos poucos para mudar a coleta dos exames. As unidades da zona rural manterão as coletas em seus postos, mas a intenção é levar as demais para Santa Casa ou Mendonça. Assim teremos espaço nas unidades para fazer Saúde. Gradativamente acabaremos com essa questão de marcar os exames laboratoriais, chegaremos a tal ponto de que não exista marcação, mas cotas para atender a todos”, disse Marina.

 

 

 

 

Além deste tema, a secretária também detalhou aos vereadores algumas planilhas com dados sobre retornos e agendamentos de consultas e exames. A reunião foi tão proveitosa que a comissão avalia repetir o encontro com mais frequência.

 

 

 

 

 

“Certamente será muito bom poder estar em contato direto com a secretária Marina, obtendo as informações corretas e dados sobre a Saúde de Bragança para podermos informar os munícipes que nos procuram”, afirmou o presidente da comissão, Natanael Ananias.

 

 

Da Redação com informações provenientes do Departamento de Comunicação Institucional da Câmara Municipal de Bragança Paulista