Bragança Paulista – Política: Vereador Marcolino solicita serviço de correio para bairros do município

Vereador Marcolino solicita serviço de correio para bairros do município

 

O vereador Marco Antonio Marcolino fez uma prestação de contas de uma atividade iniciada por ele em 2017. Durante sua fala, na sessão da última terça-feira (20/3), Marcolino anunciou que encaminhou aos Correios pedido para que os bairros Jardim Alvorada, Residencial Piemonte, Vino Barolo e Quintas dos Vinhedos recebam o serviço de correspondência.

 

 

 

 

 

“No final do ano passado fui procurado pelos moradores do Jardim Alvorada, logo na sequência os moradores do Residencial Piemonte, Vino Barolo, Quintas dos Vinhedos e Bragança F sobre os problemas dos Correios. Requisitei aos Correios o serviço de entrega de correspondência nestes locais e nos disseram que não haveria condições pois nos locais muitas ruas não tinham nome, casas sem numeração adequada, falta de caixas de correspondência, entre outros”, afirmou.

 

 

 

 

 

Desde então, o vereador tem trabalhado para que esses problemas fossem sanados. “Fizemos um trabalho comunitário com essas informações. Hoje os bairros estão contemplados com o que os Correios exigem. Se os Correios quiserem fazer o trabalho, já está pronto para começar”, considerou. Marcolino explicou que somente o Bragança F não conseguiu regularizar tudo o que era necessário.

 

 

 

 

 

Na sequência o vereador apresentou outras demandas do Jardim Alvorada. “Outro pedido dos moradores é a telefonia fixa. Até mesmo o sinal de celular é bem ruim lá. Além disso, os moradores pedem que haja coleta de lixo ao menos em mais um dia na semana”, cobrou. Em relação à iluminação pública o problema foi considerado maior. “Não é apenas no Jardim Alvorada que isso ocorre, estamos num ponto crítico desse serviço no município”, disse.

 

 

 

Moção

 

 

 

 

O vereador também informou que protocolou na Casa a moção 9/18, que requer estudos visando à adequação da legislação vigente sobre incentivos e benefícios fiscais do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) dos profissionais liberais em sociedades uniprofissionais.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes do Departamento de Comunicação Institucional da Câmara Municipal de Bragança Paulista