Bragança Paulista – Política: Uniformes de inverno, revitalização de escolas e readequação da hora-aula de professores foram alguns do questionamentos de vereadores à Secretaria Municipal de Educação de Bragança

Uniformes de inverno, revitalização de escolas e readequação da hora-aula de professores foram alguns do questionamentos de vereadores à Secretaria Municipal de Educação de Bragança
Uniformes de inverno, revitalização de escolas e readequação da hora-aula de professores foram alguns do questionamentos de vereadores à Secretaria Municipal de Educação de Bragança

 

A Comissão de Educação e Cultura, Esporte, Saúde, Saneamento e Assistência Social realizou a 20ª Sessão semanal do ano na quarta-feira da semana passada(21/06), com a participação da secretária Municipal de Educação, Kátia Daidone. Na sessão, a secretária respondeu aos questionamentos dos vereadores Natanael Ananias (presidente), José Gabriel (vice), Antonio Bugalu, Dr. Claudio e Rita Leme.

 

 

 

 

Natanael deu início à série de perguntas com pedido informações sobre a entrega dos uniformes de inverno e comentou a reivindicação pais de alunos da Escola Municipal Rural Monsenhor Pedro Farah. “Tem uma lixeira perto da escola que é utilizada por todos os moradores do bairro, mas está infestada de ratos, pondo em risco a saúde dos professores e alunos, por isso os pais solicitam que a lixeira seja removida e instalada com uma maior distância da unidade de ensino. A segunda queixa da escola é para a conclusão da fossa, que está cercada por tela faz um tempo, no aguardo de finalização”, explicou Ananias.

 

 

 

 

Sobre a entrega de uniformes, Kátia Daidone informou que a Administração aguarda a chegada do segundo lote para dar início a separação e distribuição nas escolas. Para as reivindicações Escola Municipal Rural Monsenhor Pedro Farah, Kátia afirmou que irá averiguar as situações mencionadas, e que deve incluir a ampliação da escola no plano de ação do município.

 

 

 

 

O vereador José Gabriel pediu informações sobre as obras da Escola Municipal Fernando da Silva Leme, do bairro Santa Luzia. “É uma obra grande, com a construção de um muro de arrimo, asfaltamento no pátio, passarela coberta que dará acesso até a entrada, por isso tenho feito acompanhamento diário do trabalho. Conforme acordado com a comunidade escolar, também fazemos solicitações diárias para a liberação das chaves de acesso ao prédio da creche Colibri, para tomarmos posse, realizar os ajustes necessários e transferir as aulas”, respondeu Kátia.

 

 

 

 

A secretária ainda falou sobre a situação enfrentada pelos professores de arte, educação física, infantil e fundamental, que cumprem em sala de aula a hora-aula de 60 minutos desde 2012, e a suspensão das aulas para os jogos do Brasil na Copa. “A lei em questão está sendo estudada com muita cautela pelo Departamento Jurídico, para que possamos resolver. A jornada de aula também sofrerá com a interrupção de aulas durante os jogos do Brasil na Copa do Mundo, mas temos um calendário letivo a cumprir e ficará a critério de cada unidade de ensino definir como será feita a reposição”, pontuou a secretária.

 

 

 

 

O último assunto comentado entre a secretária e os vereadores foi o roubo da fiação de Escola Municipal Professora Maria Siriani Del Nero, na Vila Davi. “Furtaram toda a fiação da escola na madrugada de sábado, e colocamos toda a equipe de reparos empenhada na restauração da energia elétrica, para que não houvesse prejuízos aos alunos da creche. Na segunda-feira a fiação já estava recuperada, mas tivemos que aguardar a visita da Energisa por mais um dia, para que fosse feita a religação”, encerrou a secretária Kátia Daidone.

 

 

 

 

Na ordem do dia, os vereadores emitiram parecer favorável para a aprovação de duas moções. O texto de autoria do vereador Dr. Claudio, moção 30/18, que propõe ao Executivo do município a formalização de convênio com clínicas veterinárias particulares, para a atenção a saúde de animais domésticos da população com baixa renda. A segunda indicação é a moção 31/18, de autoria do vereador Basilio Zecchini, que propõe ao prefeito o envio de proposta de trabalho ao Ministério das Cidades, para a captação de recursos por meio do Programa Avançar Cidades.

 

 

 

 

 

Composta pelos vereadores Natanael Ananias (presidente), José Gabriel (vice), Antonio Bugalu, Dr. Claudio e Rita Leme, a Comissão se reúne na quarta-feira (27/6), às 9h, na Câmara Municipal (Praça Hafiz Abi Chedid, 125, Jardim América). Os trabalhos podem ser acompanhados pela internet. Também há possibilidade de participar enviando questionamentos durante a sessão para o e-mail ([email protected]) ou pela página do Facebook da Câmara (www.facebook.com/camarabragancapaulista.

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes do Departamento de Comunicação Institucional da Câmara Municipal de Bragança Paulista