Bragança Paulista – Política: Situação de “Pessoas em condições de Rua” neste inverno é alvo de reunião em Bragança

Situação de "Pessoas em condições de Rua" neste inverno é alvo de reunião em Bragança
Situação de “Pessoas em condições de Rua” neste inverno é alvo de reunião em Bragança

 

Na última semana (24/05), a Administração Municipal realizou nova reunião na sede da Secretaria Municipal de Ação e Desenvolvimento Social (SEMADS), para intensificar o atendimento das pessoas em situação de rua. Na ocasião, foram discutidos diversos temas como, por exemplo, a revisão das ações no período de frio, alinhar os trabalhos com todas as entidades civis e religiosas, garantir a dignidade, atendimento e encaminhamento dos moradores de rua, dependentes químicos ou não, entre outros assuntos.

 

 

 

 

Estiveram presentes nessa reunião a Secretária Municipal da SEMADS Margarete Alvarenga, o Secretário Municipal de Segurança e Defesa Civil Alessandro Olegário da Silva, a Presidente do Fundo Social de Solidariedade e da Coordenadoria da Mulher Francine Ap. Pereira, representantes da ASA/ADRA, do Conselho de Ministros Evangélicos de Bragança Paulista (COMEBRAP), Maranata, Casa de Assis, Recanto Elizabeth e Centro Pop.

 

 

 

 

A Prefeitura orienta a população em vez de dar esmolas, doar produtos ou alimentos, encaminhe os indivíduos em situação de rua aos serviços da SEMADS. “Esse trabalho envolve muitas pessoas, poder público, entidades civis e religiosas. Durante a reunião, definimos estratégias que adotaremos para trabalharmos na mesma direção, em prol das pessoas em situações de rua, garantindo a dignidade e responsabilidade de todos”, disse a Secretária Municipal de Ação e Desenvolvimento Social, Margarete Alvarenga.

 

 

 

 

Para solicitar uma equipe de Abordagem Social em qualquer ponto da cidade, basta entrar em contato com o Centro POP, pelo telefone (11) 4032-6400 ou dirigir-se até o local que fica na Avenida Doutor Adriano Marrey Junior, 967, na Penha. Entre os serviços prestados pelo Centro Pop estão: encaminhamento para consultas médicas, retirada de 2ª via dos documentos, inserção no mercado de trabalho, passagens de ônibus para retorno à terra natal, encaminhamento para cadastro único para programas sociais, acolhimento no Albergue/Casa de Passagem, entre outros.

 

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da DIMP/BP