Bragança Paulista – Política: Prefeitura de Bragança Paulista licita a compra de um “Castramóvel” para atender prioritariamente animais em situação de rua e famílias de baixa renda.

O programa de Castração itinerante já existe em muitas cidades e capitais pelo Brasil e chega a Bragança – Foto: Ilustrativa do Castramóvel de Curitiba

 

 

Prefeitura de Bragança Paulista contará em breve com o programa itinerante de castração de cães e gatos, o CASTRAMÓVEL, cujo processo licitatório teve andamento.

 

 

 

Para a Administração, o programa de esterilização e identificação de cães e gatos do município, por meio da castração e da microchipagem, é uma das formas mais efetivas de controle populacional, principalmente da população de animais em situação de rua e/ou vítimas do abandono. No caso da identificação eletrônica, o recurso contribuirá com as políticas públicas contra o abandono e a coibição da posse irresponsável.

 

 

 

 

A sessão pública foi realizada na última semana (14/11), com o acompanhamento da equipe de apoio técnico da Secretaria do Meio Ambiente, o médico veterinário Alcides Daniel Del Vecchio e a advogada Carolina Mastrorosa Mourão. Se apresentaram no certame duas empresas especializadas na área. A proposta classificada foi a da empresa A. A. Mazon-ME, que foi habilitada e declarada vencedora da licitação.

 

 

 

 

Após a homologação do processo, a Prefeitura deverá formalizar o contrato com a empresa e, posteriormente, definido o plano de trabalho, a empresa deverá enviar os documentos necessários para avaliação e aprovação do Conselho Regional de Medicina Veterinária. O programa de castração itinerante da Administração prevê a castração de até 150 animais por mês, o que vem a somar ao programa de castração executado mediante o termo de colaboração firmado com a Associação de Proteção aos Animais Faros d’Ajuda.

 

 

 

 

 

Segundo o Secretário do Meio Ambiente, Alexandro de Souza Morais, o Castramóvel atenderá, prioritariamente, animais em situação de rua e famílias de baixa renda em diversos bairros, inclusive na Zona Rural. “A castração é a maneira efetiva de controlarmos a população dos animais nas ruas, por isso a Administração tem trabalhado muito para implantar o serviço na cidade. Ele é fundamental para nossa política de bem-estar animal”, concluiu.

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da DIMP/BP