Bragança Paulista – Política: Bragança Paulista está entre os 10 municípios mais bem avaliados no desenvolvimento rural sustentável do Estado de São Paulo

Bragança Paulista está entre os 10 municípios mais bem avaliados no desenvolvimento rural sustentável do Estado de São Paulo

 

Bragança Paulista conseguiu a façanha de estar entre os 10 municípios mais bem avaliados no desenvolvimento rural sustentável – desde infraestrutura até sustentabilidade – recebendo prêmio de R$ 62,5 mil – Prêmio Cidadania no Campo.

 

 

O Governador João Doria e o Secretário de Agricultura e Abastecimento, Gustavo Junqueira, entregaram os prêmios aos municípios paulistas com o melhor desempenho no desenvolvimento rural sustentável, de acordo com parâmetros técnicos de boas práticas. Participaram da avaliação os 258 municípios credenciados no Sistema Estadual Integrado de Agricultura e Abastecimento.

 

 

Segundo explicou o Governador Doria, o agro representa 20% da economia do Estado de São Paulo. Tem importância estratégica na geração de empregos, de divisas e de oportunidades. Essas razões justificam o Programa Cidadania no Campo.

 

 

Criado pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento, o Programa Cidadania no Campo tem como objetivo estimular as prefeituras a implementar agendas estratégicas para fortalecer a gestão rural local, melhorando a produtividade e a sustentabilidade do agronegócio paulista. São 10 critérios técnicos avaliados – Estrutura Institucional; Infraestrutura Rural; Produção, Distribuição e Consumo Sustentável; Defesa Agropecuária; Abastecimento e Segurança Alimentar; Fortalecimento Social do Campo; Solo e Água; Biodiversidade; Resiliência e Adaptação às Mudanças Climáticas; Interação Campo-Cidade.

 

 

A análise foi realizada considerando a qualidade da gestão municipal e sua capacidade de atender bem o cidadão do campo, independente do tamanho dos municípios em termos de habitantes ou orçamento.

 

 

De acordo com o Governo de SP, a partir de agosto, a Secretaria de Agricultura promoverá cursos e workshops de capacitação técnica, em especial aos pequenos e médios produtores rurais, para atender as demandas de produção e consumo atuais. Além do prêmio, será criado o Selo Agro de qualidade, comprovando que o município assumiu o compromisso de adotar o desenvolvimento mais criterioso e sustentável.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da DIMP/BP