Bragança Paulista – Política: Banco do Brasil disponibiliza linha de crédito para o município de Bragança

Real
Banco do Brasil disponibiliza linha de crédito para o município de Bragança

 

 

A Administração Municipal de Bragança recebeu a notícia do Gerente de Negócios do Banco do Brasil Silvio Pereira, que a instituição disponibilizou uma linha de crédito para o município em um teto de 10 milhões de reais para aquisição de bens e softwares para modernização da gestão municipal. O recurso inclui 15 eixos de investimento que engloba saúde, educação, cultura, modernização da gestão e modernização da frota.

 

 

 

Segundo explicou o gerente, a análise é do próprio banco, ou seja, os recursos são próprios e destinados a poucos municípios. “Somente prefeituras que estão com as finanças em dia e com as certidões em ordem conseguem este recurso. No estado de SP, menos de 100 municípios participam da linha de crédito e Bragança está sendo contemplada com esse recurso”, informou.

 

 

 

O Secretário Municipal de Finanças, Luciano Aparecido de Lima, explicou que frente a notícia, será dado andamento no projeto, elaborada a minuta e encaminhada para o jurídico. “Estaremos avaliando internamente os projetos de cada secretaria, de cada área que foi mencionada, justamente para captar esse financiamento, além das outras demandas que as secretarias têm. Na avaliação será analisada também a taxa, o maior de todos os fatores para prosseguimento das operações, que podem chegar até 10 milhões de reais”, explicou Luciano.

 

 

 

 

O vice-prefeito Amauri Sodré ressaltou a importância deste tipo de investimento e do trabalho da Prefeitura para que o município possa investir naquilo que é necessário à população.

 

 

 

Participaram da reunião o vice-prefeito Amauri Sodré, os secretários municipais Dr. Tiago José Lopes (Assuntos Jurídicos), Mauricio Arnaldo Cunha (Recursos Humanos), Luciano de Lima (Finanças), a chefe da divisão de contabilidade Rosângela Aparecida Rodrigues Gonçalves e os gerentes do Banco do Brasil Josi Bonetto Russoni (Relacionamento) e Silvio Pereira (Negócios).

 

 

 

Da Redação com informações provenientes do DIMP/BP