Bragança Paulista – Política: Aprovada moção do vereador João Carlos Carvalho que requer convênio entre a Guarda Civil Municipal e o Estado

Aprovada moção do vereador João Carlos Carvalho que requer convênio entre a Guarda Civil Municipal e o Estado

 

 

Foi aprovada, por unanimidade, na última sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Bragança  (20/3), a moção 79/17, do vereador João Carlos Carvalho que requer estudos visando à realização de convênio com o Governo do Estado de São Paulo visando à obtenção de recursos destinados a apoiar as ações da Guarda Civil Municipal.

 

 

 

 

“Gostaria de agradecer aos senhores vereadores que votaram favoráveis a essa moção. Essa matéria vai trazer uma nova reestruturação à GCM (Guarda Civil Municipal)”, avaliou o vereador.

 

 

 

 

João explicou que o governador Geraldo Alckmin assinou em novembro do ano passado decreto que permite ao Estado de São Paulo liberar recursos para os municípios investirem em segurança, exclusivamente nas guardas municipais. Com isso os municípios podem apresentar projetos, requerendo o uso destes recursos.

 

 

 

“Parabenizo ao secretário Bertin [Dorival Bertin – Segurança e Defesa Civil] por montar um projeto e levá-lo até a Secretaria Estadual de Segurança Pública, com isso, futuramente teremos muitos ganhos ao município”, considerou.

 

 

 

 

Na proposta apresentada por Bertin são solicitadas novas viaturas, armas, munições, cassetetes, coletes balísticos, uniformes e algemas, entre outros equipamentos. João Carlos justificou nas considerações da moção a importância dessa solicitação que “a celebração do convênio com o Governo do Estado seria uma medida excelente, tendo em vista que os recursos tem destinação obrigatória para aquisição de itens novos, mais modernos e condizentes com a atuação de uma GCM eficiente e atuante”.

 

 

 

 

Por fim, João Carlos fez um último pedido ao secretário Bertin. “Neste processo de reestruturação da GCM precisamos pensar sobre a preservação de patrimônio público. É preciso ter uma divisão para cuidar das escolas, praças, dos próprios públicos. A guarda não faz mais isso, infelizmente. Vamos ter que ter grupos específicos para isso no futuro”, alertou.

 

 

 

 

Exames laboratoriais

 

 

 

Em sua manifestação, o vereador também fez fortes cobranças em relação à mudança do local onde são realizadas as coletas dos exames laboratoriais. João Carlos recebeu um abaixo-assinado dos moradores do Jardim Águas Claras, solicitando que a coleta volte a ser realizada na unidade de saúde do bairro e não mais na Santa Casa.

 

 

 

 

“Conversei algum tempo atrás com o prefeito Jesus Chedid sobre o assunto e encaminhei a ele, à secretária Marina e ao vereador Natanael Ananias, que é presidente da Comissão de Saúde, uma cópia do abaixo-assinado que recebi solicitando a mudança. Fiquei surpreso ao ler no jornal que a coleta não voltará a ser realizada nos bairros”, afirmou.

 

 

 

 

João Carlos destacou que esta era uma conquista para os moradores da região e tirar o serviço do posto de saúde seria um retrocesso. “Peço que haja uma reflexão sobre esse assunto. Voltarei a conversar com o prefeito Jesus, o vice Amauri. No Jardim Águas Claras o descontentamento é muito grande. No abaixo-assinado eles explicam que a unidade atende diversos bairros, especialmente os de zona rural, e que com isso fica muito difícil o acesso ao novo local devido a distância e a falta de transporte coletivo”, finalizou.

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes do Departamento de Comunicação Institucional da Câmara Municipal de Bragança Paulista