Bragança Paulista: Obras de restauro do antigo Colégio São Luiz em Bragança continuam com adequações

Obra do antigo Colégio São Luiz em Bragança recebe visita de arquiteto responsável pelo projeto
Obra do antigo Colégio São Luiz em Bragança recebe visita de arquiteto responsável pelo projeto

 

 

 

O antigo Colégio São Luiz recebeu na quarta-feira, dia 12, a visita de secretários municipais, arquitetos e engenheiros da Prefeitura, representantes da construtora responsável pela obra de restauro, integrantes do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural (Condephac), além de Affonso Risi, arquiteto que elaborou em 2010 o projeto de restauro do prédio.

 

 

Neste primeiro momento, o encontro teve como objetivo discutir adequações que o projeto sofreu e sofrerá para se transformar em um moderno Centro Cultural. A intenção é que o arquiteto Affonso Risi faça acompanhamentos mensais da obra para garantir que as ideias iniciais sejam concretizadas e também autorizar qualquer mudança que necessite ser feita.

 

 

 

Segundo o projeto, o Centro Cultural terá no piso inferior salas de exposições, saguões, balcões de informações, pátio, espelho d’água, salas de música com a devida acústica (anexo), mini teatro e camarim feminino e masculino.

 

 

 

 

Já no piso superior o projeto prevê teatro com aproximadamente 200 lugares, incluindo espaço reservado para pessoas com mobilidade reduzida; palco; camarim feminino e masculino; espaço para escola de dança; salas de apoio; biblioteca e brinquedoteca. Todo o prédio terá acessibilidade, com elevadores panorâmicos, rampas e banheiros adaptados. A previsão de entrega é para 2016.

 

 

 

De acordo com o arquiteto, o acompanhamento e a responsabilização pela obra são exigências estabelecidas por lei. “É necessário o acompanhamento da obra, qualquer mudança que ocorrer deve ser acompanhada pela equipe de projeto, tanto de arquitetura quanto de engenharia”, declarou.

 

 

 

Affonso Risi também afirmou que não visitava o antigo Colégio São Luiz há anos e que a ida ao local o deixou muito feliz. “Não entrava aqui há anos. É a primeira vez que venho depois que elaborei o projeto. Estou muito feliz em ver que as obras foram retomadas depois de tanto tempo paradas”.

 

 

O arquiteto

 

 

 

Affonso Risi nasceu em Bragança Paulista e formou-se em 1972, pela Universidade Mackenzie, em São Paulo. Mora e possui um escritório de arquitetura na capital paulista há anos, além de lecionar em diversas faculdades na cidade.

 

 

 

Já trabalhou no Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB) e projetou algumas universidades, como a UniABC, em Santo André; a UniPaulistana, em São Paulo; a Faculdade Santa Marcelina, em São Paulo; além de teatros e escolas públicas.

 

 

 

Desde 1989 é arquiteto do mosteiro de São Bento, em São Paulo, local que em 2005 recebeu melhorias para a hospedagem do papa Bento XVI, durante visita ao Brasil em 2007, e desde 2015 é ouvidor do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) de São Paulo.

 

 

 

 
Fonte: Da Redação com informações provenientes do DIMP