Bragança Paulista – Maio Cultural 2019: Com uma programação variada o Maio Cultural de Bragança Paulista terminou.

Com uma programação variada o Maio Cultural de Bragança Paulista terminou. – Foto: Arquivo/Portal Bragança

 

 

A edição de 2019 do Maio Cultural encerrou-se no último domingo (02/06), e contou com uma série de eventos voltados a promoção de cultura à população.

 

 

A abertura oficial do evento ocorreu no dia 09/05 com a apresentação de Dança Flamenca na Casa da Cultura e exposição de arte no Espaço Índigo.

 

 

 

Durante o mês de maio, a Prefeitura de Bragança Paulista, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, promoveu diversos espetáculos culturais na cidade, na primeira semana o público acompanhou a apresentação de dança árabe e cigana com Mary e Studio Yalla, shows musicais com Olivia Gênesi e a banda Sinfônica de Piracaia “Shadow Scouts” e espetáculos de dança com o Studio Aline Lencini e Magic Street Dance.

 

 

 

A segunda semana de eventos começou com a oficina de cinema “documentário nas redes – maratona criativa para desenvolvimento de narrativas digitais”, no qual os participantes, a partir do tema cultura, desenvolveram um documentário. Em alusão ao Maio Amarelo, a Cia de Teatro preparou o espetáculo infantil “Parada Obrigatória”. No decorrer da semana ocorreu a apresentação musical dos alunos do Projeto Guri, oficina de linguagem poética com Cida Moreira e apresentação de ballet do studio de dança Gisele Toledo.

 

 

 

Iniciando as atividades do segundo final de semana, na sexta-feira (17/05), a Praça Raul Leme recebeu a apresentação musical do trio Sambossa, grupo musical de bossa-nova e samba, além da exposição de livros do Sarau Literário. O cantor Leo Mancini animou a noite do público na Praça Central, apresentando canções autorais e os sucessos musicais de inúmeros artistas como Adele, BackStreet Boys, Lulu Santos e Elvis Presley.

 

 

 

A Arena do Lago recebeu o evento “atletismo na rua”, no qual as crianças puderam aprender, junto aos atletas olímpicos, as práticas do arremesso de peso, corrida com obstáculos e salto com vara, no domingo (19/05). O quarteto Ipê Amarelo apresentou diversas canções da música erudita e da música popular brasileira, proporcionando ao público outras linguagens musicais. A escolha do hino oficial de Bragança Paulista encerrou as atividades da segunda semana do Maio Cultural.

 

 

 

A terceira semana de eventos contou diversas atividades culturais como a apresentação do Coral Municipal, oficina de literatura infantil com Simone Pedersen, espetáculo teatral “Família qua$e vende tudo” e exibição de filmes na Casa Lebre. A fim de promover um intercâmbio cultural entre artesãos, o grupo do Balaio Mineiro expôs, na Praça Central, suas artes e artesanato e promoveu uma roda de conversa entre os presentes no local.

 

 

 

Com o intuito de levar mais conhecimento as crianças, o Museu Oswaldo Russomano promoveu uma contação de história, no qual as crianças puderam ler diversos livros e fazer pinturas no rosto. Durante a programação, houve o lançamento dos livros “quantas pintas você tem?” e “Godofredo, uma história de amor e vida”. O grupo Buzum, teatro infantil realizado dentro do ônibus, desenvolveu o teatro “13 gotas”, no qual ensinava as crianças a importância da água em nosso cotidiano.

 

 

 

Fomentando a arte na cidade, a Casa Lebre promoveu um bate papo com a artista Val Coelho e um show com os artistas Lara e Bruno no DOM MUSICAL. Encerrando a terceira semana de eventos, a população assistiu à apresentação da Orquestra Experimental da Sociedade Ítalo Brasileira e a Orquestra Violeiros do Rio Jaguari.

 

 

 

O Maio Cultural 2019 contou com uma série de atividades culturais promovidas pela Administração Municipal e, ao longo da última semana de eventos, o público conferiu o documentário produzido durante a oficina de cinema “documentário na rede” e prestigiou a exibição do documentário “o artista está presente”, promovido pelo Espaço Índigo Arte. Neste ano, o 12º Festival Nipo, evento de cultura japonesa realizado na Associação Nipo Brasileira, esteve na programação e foi mais uma opção de evento ao público.

 

 

 

O encerramento oficial da edição desse ano aconteceu na última quinta-feira (30/05), na Casa da Cultura. O Coral de Bragança e os Corais do Colégio AZ Kids Choir e Chamber Choir apresentaram oficialmente o hino de Bragança Paulista, titulado como “Alma Bragantina”, do autor Danilo Stollagli. A noite a apresentação da Orquestra de Metais Lyra de Bragança, sob a regência do maestro Marcos Bona, embalou o público com músicas de cinema, trilhas de filmes e séries famosas.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes do DIMP/BP