Bragança Paulista: Dados divulgados pela Governo de São Paulo revela a melhora na Segurança em Bragança Paulista, menos nos casos de estupros que aumentaram.

Estatísticas do 1º quadrimestre em Bragança Paulista
Estatísticas do 1º quadrimestre em Bragança Paulista

 

 

A cidade de Bragança Paulista apresentou queda em todos os principais indicadores de criminalidade, entre eles os roubos e furtos em geral e de veículos, durante o primeiro quadrimestre de 2015 comparado ao mesmo período do ano anterior.

 

O único índice que teve uma elevação foi o estupro que subiu de 15 casos para 24, ou seja, um aumento de  62,5%.

 

 

 

Tivemos um aumento nas prisões por causa do tráfico de entorpecentes de 72 prisões para 98, ou seja, revela uma maior eficácia a este tipo de crime.

 

 

 

 

A coleta de dados criminais em todo o Estado de São Paulo padroniza e organiza o fluxo de números coletados junto às polícias, a partir do registro de ocorrências criminais. Seu conteúdo ajuda a monitorar a evolução das tendências dos principais indicadores criminais do período, bem como na tomada de decisões no âmbito do Estado e das polícias.

 

 

 

 

Os dados devem ser interpretados sempre com prudência, pois estão sujeitos a uma série de limites de validade e confiabilidade: eles são antes um retrato do processo social de notificação de crimes do que uma reprodução fiel do universo criminal de um determinado local. Para que um crime faça parte das estatísticas oficiais, são necessárias três etapas sucessivas: o crime deve ser detectado, notificado às autoridades policiais e, por último, registrado no boletim de ocorrência.

 

 

 

Vale lembrar que nem sempre um aumento dos dados de criminalidade oficiais pode ser interpretado como piora da situação de segurança pública; ao contrário, nos locais onde é grande a ‘cifra negra’, o aumento nos crimes notificados é considerado um indicador positivo de credibilidade e produtividade policial.

 

 

Da Redação com informações da SSP/SP