Bragança Paulista: Conjunto habitacional Marcelo Stefani em Bragança têm previsão de entrega no mês de abril.

Confira a lista de convocados para o Sorteio do Conjunto Habitacional Marcelo Stéfani em Bragança que ocorrerá na quinta-feira - 16/07/2015
Conjunto Habitacional Marcelo Stéfani em Bragança

 

 

Na última terça-feira, dia 19, representantes da Prefeitura participaram de encontro na Caixa Econômica Federal, em Jundiaí. O assunto tratado foi as diretrizes de entrega das unidades do conjunto habitacional Marcelo Stefani, do programa Minha Casa Minha Vida. A proposta é que a entrega dos apartamentos ocorra no mês de abril.

 

 

No momento, a Prefeitura possui uma lista de pré-avaliação e, a partir dela, está notificando algumas famílias que precisam complementar sua documentação. O prazo final para entrega dos documentos é na próxima segunda-feira, dia 25. Esta lista será devolvida para a Caixa, que definirá os aprovados e informará os nomes ao poder público até o final de fevereiro.

 

 

 

 

A última etapa será uma averiguação, feita por comissão formada de representantes de diversas secretarias envolvidas, onde serão analisadas as denúncias feitas na Ouvidoria. Após isto, a relação de aprovados será definitiva e a Prefeitura iniciará as visitas, verificação de quais apartamentos precisam de adaptação, além de marcar a data para a assinatura dos contratos. A previsão é que isto ocorra até o início de março.

 

 

 

 
O conjunto Marcelo Stefani possui 712 unidades e faz parte do maior programa habitacional do município, o Moradia Popular. No total, serão entregues 1645 moradias em menos de 4 anos. Os investimentos em moradias bragantinas foram de mais de R$140 milhões, sendo R$100 milhões do governo federal, R$37 milhões do governo do Estado e mais de R$2 milhões da Prefeitura. Além disso, também foram disponibilizados mais de R$4 milhões para a construção de equipamentos, são eles: uma escola infantil, uma unidade básica de saúde e um centro de referência de assistência social, totalizando mais de R$144 milhões em todos os empreendimentos.

 

 

 

Da Redação