Bragança Paulista: Confira as exposições no Museu Oswaldo Russomano e o filme da Mini- Mis Casinha do Lago em Bragança – 12/05/15

Exposição em Bragança
Exposição em Bragança

 

 

Duas exposições com temas diferentes estão disponíveis no Museu Municipal Oswaldo Russomano para deleite dos bragantinos.

 
Na mostra ‘Debaixo das cinzas do fogão – segredos que a história contou’, a artista Mylene Prado homenageia por meio de esculturas feitas de argila e textos, a imigração italiana. As obras retratam a realidade vivida por este povo antes de vir para o Brasil e tem como intuito valorizar o imigrante italiano, bem como os descendentes que hoje vivem em nosso país.

 

 
O artista Guido Ferezini que atualmente se dedica à arte de produzir brinquedos homenageia o escritor Carlo Collodi que em 1883 publicou a primeira versão de um conto que se tornaria um sucesso. Na mostra ‘Pinóquio – a história continua, um conto eterno’, os bragantinos poderão conferir vários bonecos feitos detalhadamente de pinho (madeira). As duas exposições seguem até o dia 31 de maio.

 

 

 
O Museu Municipal Oswaldo Russomano funciona de terça a sexta-feira, das 9h às 17h e sábados domingos e feriados das 10h às 16h. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone (11) 4033-7566. A entrada é gratuita.

 

 
Mini- Mis Casinha do Lago exibirá ‘Eu, Mamãe e os Meninos’ gratuitamente nesta terça

 

 

 

Eu, mamãe e os Meninos, do diretor Guillaume Galliene
Eu, mamãe e os Meninos, do diretor Guillaume Galliene

 
Além das exposições que podem ser apreciadas no Museu Municipal, os bragantinos têm a opção de um bom filme para esta terça-feira, dia 12, a partir das 19h30. A exibição gratuita é resultado da parceria entre a Prefeitura e o projeto Imagens Vivas Bragantinas que tem patrocínio da empresa TE Connectivity.

 

 

 

A produção francesa do diretor Guillaume Gallienne, ‘Eu, Mamãe e os Meninos’, conta a história de Guillaume Gallienne que cresceu aos cuidados de uma mãe autoritária que achava o filho diferente dos outros irmãos e que por isto, o criou como uma garota. Já adulto, o personagem fala da relação conturbada com o pai, os maus tratos sofridos de colegas da escola e seus primeiros amores. Depois de protagonizar várias histórias confusas e engraçadas, Guillaume resolve criar uma peça de teatro para contar como resolveu sua sexualidade.

 

 

Serviço:
– Museu Oswaldo Russomano: rua Coronel João Leme, 520, Centro.​​

– Mini-Mis Casinha do Lago: avenida Alpheu Grimello, 50, Lago do Taboão.