Bragança Paulista – Comissão Especial de Segurança da Câmara Municipal propõe criação de central telefônica integrada para atendimentos de emergência

Comissão de Justiça
Comissão de Justiça

 

 

 

Os membros da Comissão Especial de Segurança,Paulo Mário Arruda de Vasconcellos, Jorge Luis Martin (do Proerd), Natanael Ananias e Padre Juzemildo,estiveram na tarde da última sexta-feira (8/5) com o secretário Municipal de Trânsito e Segurança, DjahyTuci, para apresentar proposta de criação de uma central telefônica integrada para atendimentos de emergência. A sugestão é resultado das atividades desenvolvidas pela Comissão desde o ano passado.

 

 

O vereador Paulo Mário Arruda de Vasconcellos, presidente da Comissão, inicioua reunião explicando ao secretário como a Comissão vem trabalhando. “Fizemos quatro plenárias para ouvir a população, depois nos reunimos separadamente com os setores civis, militares e demais áreas que envolvem a segurança, sempre pedindo sugestões de melhorias”, resumiu.

 

 

 

Dentre as propostas sugeridas por estes setores, uma chamou atenção dos vereadores, que decidiram levá-la ao secretário: a criação de uma central telefônica integrada para atendimentos de emergência, que recebesse todas chamadas de emergência do município e fizesse uma triagem para distribuição entre os órgãos de Segurança competentes pelo atendimento.

 

 

 

Segundo apontado pelos vereadores, a ideia é otimizar o efetivo e evitar que exista encontro de forças na mesma ocorrência, por exemplo, evitar que em um mesmo atendimento sejam deslocadas sem necessidade viaturas do Samu e Corpo de Bombeiros, ou então Polícia Civil e Militar. Além disso, os vereadores explicaram que também levaram essa proposta ao secretário Estadual de Segurança, Alexandre de Moraes, que gostou da sugestão e irá avaliar a possibilidade de execução.

 

 

 

Djhay Tucci explicou que em partes essa realidade já acontece em Bragança Paulista, já que na Central de Monitoramento da cidade ficam representantes de outras entidades,não apenas da Guarda Civil Municipal. Esse trabalho em conjunto já tem por objetivo essa triagem nos atendimentos.

 

 

 

Os vereadores pretendem dialogar com outros órgãos de Segurança para avaliar a possibilidade de viabilizar essa central.A ideia é reunir os setores básicos de atendimento, como Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil, Defesa Civil, Bombeiros, SAMU entre outros serviços de emergência.

 

 

 

Da Redação com informações do Departamento de Comunicação Institucional da Câmara Municipal de Bragança Paulista