Bragança Paulista: Caminhada contra o fumo reúne cerca de 200 pessoas em Bragança Paulista.

Caminhada contra o fumo em Bragança Paulista
Caminhada contra o fumo em Bragança Paulista

 

 

 

No último sábado, dia 30, profissionais da rede municipal de saúde estiveram na praça Jacinto Osório, Matadouro, promovendo uma caminhada contra o fumo. O evento ocorreu em alusão ao Dia Mundial Sem Tabaco, celebrado em 31 de Maio. Cerca de 200 pessoas participaram da ação.

 

No local também foram oferecidas orientações de combate ao cigarro, aferição de pressão arterial, cálculo de Índice de Massa Corporal (IMC), massagem, esmaltação, exposição de artesanato confeccionado durante as oficinas terapêuticas oferecidas nas unidades de saúde do município, além de palestras educativas.

 

 

Caminhada contra o fumo reúne cerca de 200 pessoas em Bragança

Posted by Portal Bragança on Terça, 2 de junho de 2015

 

 

O fumo causou 100 milhões de mortes no século 20, e pode causar um bilhão de mortes no século 21, se as tendências atuais continuarem. Data é comemorada no dia 31 de maio.

 
Um em cada 10 cigarros consumidos é ilícito, tornando-os mais baratos e mais acessíveis para as pessoas de grupos de baixa renda, bem como para as crianças, alertou a Organização Mundial da Saúde (OMS) às vésperas do Dia Mundial Sem Tabaco, que este ano dedica a data à luta contra o comércio ilegal desse produto.

 

 

 

O fumo causou 100 milhões de mortes no século 20, e pode causar um bilhão de mortes no século 21 se as tendências atuais continuarem, segundo a OMS. O Dia Mundial Sem Tabaco acontece em 31 de maio, promovido pela Organização e seus parceiros, para destacar os riscos de saúde associados com o uso do tabaco e defender políticas eficazes para reduzir o seu consumo.

 

 

 

 

“A epidemia do tabaco é uma das principais ameaças à saúde pública do mundo de todos os tempos, matando cerca de seis milhões de pessoas anualmente” disse a OMS na última quarta-feira (27). “A menos que medidas urgentes sejam tomadas, o número anual de mortos pode subir para mais de oito milhões em 2030″.

 

 

 

 

Quase 80% de um bilhão de fumantes no mundo vivem em países de baixa e média renda, onde a carga de doenças e de mortes relacionadas ao fumo é mais pesada.

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da ONU