Bragança Paulista: Bragança é selecionada no 9º prêmio Caixa de Melhores Práticas em Gestão Local

Prêmio Caixa de Melhores Práticas em Gestão Local
Prêmio Caixa de Melhores Práticas em Gestão Local

 

 

A Prefeitura de Bragança Paulista, por meio do Escritório de Projetos e Captação de Recursos (EPCR), inscreveu o município no 9º prêmio da Caixa Econômica Federal de Melhores Práticas em Gestão Local. Dos 29 municípios da região, oito apresentaram projetos e três foram selecionados, entre eles o de Bragança Paulista. A disputa agora será com 250 projetos selecionados em todo o país.

 

 

O prêmio

 

 

A premiação acontece a cada dois anos e tem o objetivo de reconhecer e dar visibilidade a projetos de excelência no âmbito social realizados com apoio financeiro e técnico da Caixa. Podem ser inscritos projetos de diversas categorias, como habitação, saneamento, meio ambiente, gestão urbana, infraestrutura, entre outros. Após selecionar os vinte melhores, a Caixa realiza uma ampla divulgação dos trabalhos em site específico na internet, por meio de publicações em revista e outros locais, produz filmes, disponibiliza em exposições fotográficas itinerantes e presta apoio técnico aos participantes para que disputem outros prêmios nacionais e internacionais. A premiação está prevista para ocorrer até o final deste ano em Brasília e os vencedores também receberão troféu e certificado.
 

 

Sobre o EPCR de Bragança Paulista
 

 

Bragança Paulista é a cidade na região de Jundiaí que mais captou verbas junto ao Governo Federal, por meio de emendas parlamentares. Isso só foi possível após a criação do Escritório de Projetos e Captação de Recursos de Bragança Paulista (EPCR), em janeiro de 2013, para melhorar a gestão das parcerias celebradas (convênio, financiamento, repasse fundo a fundo, contrato de repasse etc.), com foco na eficiência e eficácia; e aumentar a captação de novos recursos extraorçamentários. Com isso, o município passou da 10ª posição para a 1ª em um ranking de 29 cidades. As verbas são destinadas a benfeitorias em locais públicos, como praças, ruas e infraestrutura de bairros.

 

 

 

Vale ressaltar que existe parceria entre a Prefeitura e a Caixa cujo objetivo é dar maior fluidez e efetividade na liberação de recursos dos empreendimentos acompanhados pela CEF, em que os representantes da empresa esclarecem dúvidas e criam soluções com o objetivo de evitar desperdício de tempo na efetivação dos contratos e na execução dos empreendimentos.

 

 

 

Para o gerente do Escritório de Projetos, Cristhian Conte, esses resultados foram obtidos porque a administração entendeu que a criação do EPCR seria a melhor alternativa para a entrega de novos equipamentos públicos, “já que existem muitas possibilidades de arrecadação de recursos e muitos município não conseguem acessar pela falta de apresentação de bons projetos”, conclui.​

 

 

 

 
Fonte: Da Redação com informações provenientes de Agências de Notícias e do DIMP