Bragança Paulista: ​Confira o que aconteceu na 18ª Sessão da Câmara de Bragança

18ª Sessão da Câmara de Bragança
18ª Sessão da Câmara de Bragança

 

 

 

 

 
Os vereadores da Câmara Municipal da Estância de Bragança Paulista aprovaram por unanimidade, na tarde de ontem (2/06), a moção 12/2015, que solicita ao Executivo estudos visando a transformação da Usina Hidrelétrica Dr. Geraldo Tosta em Centro de Turismo Ecológico, Lazer e Aprendizagem Ambiental. A moção foi assinada por todos os membros da Casa.

 

 

 

Dentre os benefícios que tal mudança traria, os vereadores mencionam o acesso da população ao conhecimento de aspectos relativos à operacionalização e ao funcionamento da usina e à produção de energia elétrica, além de melhoras na manutenção, segurança e embelezamento da usina.

 

 

 

 

Outro fator de destaque é o aumento de alternativas para o turismo ecológico, que também incentiva a conscientização popular e a preservação de bens naturais. A proposta ainda valorizaria o Rio Jaguari, visto que poderá ser aproveitada a questão turística para divulgar informações sobre a importância da preservação deste rio.

 

 

 

 

Ainda na Ordem do Dia da 18ª Sessão Ordinária foram discutidos os projetos de lei 20 e 22/2015, enviados pelo Executivo em regime de urgência. Ambos tiveram aprovação unânime.

 

 

 

 

O PL 20/15 autoriza o município a conceder subvenção de R$ 20 mil para a Ases (Associação de Escritores de Bragança Paulista). A verba será usada para custeio de projetos literários, mediante plano de aplicação apresentado pela entidade. Em seguida foi votado o PL 22/2015, que concede auxílio de R$ 40 mil à Sociedade Ítalo-Brasileira, para custear a realização de obras de reforma predial e aquisição de materiais para uso da sede.

 

 

 

 

Em turno único os vereadores aprovaram por unanimidade a moção 9/15, do vereador Padre Juzemildo, que requer ao Executivo a implantação do serviço Agiliza Móvelepor 14 votos a 2 o projeto de lei 11/2015, do vereador Tião do Fórum, que declara como utilidade pública a Associação Brasil SokaGakkai Internacional (BSGI).

 

 

 

 

A associação é uma organização de caráter religioso, sem fins lucrativos e sem cunho político ou partidário, voltada para a criação de valores humanos em benefício da comunidade, para o bem-estar social e para o desenvolvimento da cultura, da educação e da paz com base no Budismo Nitiren, e tem por princípio o atendimento comum, independente de classe social, nacionalidade, sexo, etnia ou cor, bem como o respeito à liberdade de religião e de sua expressão.

 

 

 

Tribuna Livre

 

 

 

A vice-prefeita e secretária Municipal de Educação, Huguette Theodoro, fez uso da Tribuna para falar sobre o Plano Municipal de Educação. O vereador apresentante foi Noy Camilo.

 

 

 

 

“O Plano é decenal e temflexibilidade para inserção de novas propostas a cada dois anos. É um trabalho contínuo, pois não se faz um plano fechado para um período tão longo”, explicou a secretária.

 

 

 

 

Huguette lembrou que o Plano será enviado aos vereadores como projeto de lei, e solicitou apoio da Casa para aprovação. Ela também destacou o trabalho que vem sendo realizado para elaboração e as dificuldades em finalizar o trabalho por conta do atraso na entrega do Plano Estadual de Educação.

 

 

 

 

A próxima sessão ordinária será realizada na terça-feira, 9 de junho, às 16h, no Plenário da Câmara Municipal.

 

 

 

 
Fonte: Da Redação com informações provenientes do Departamento de Comunicação Institucional da Câmara Municipal de Bragança Paulista