Saúde: Campanha alerta para a importância de se fazer durante o pré-natal os testes de aids, sífilis e hepatites B e C.

Pré-Natal
Pré-Natal

 

 

O Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais (DDAHV) do Ministério da Saúde lançou hoje (6/5) em Brasília o vídeo e cartazes da campanha para que futuras mamães exijam a realização de testes de HIV, Sífilis e Hepatites Virais B e C para evitar a transmissão vertical desses agravos.

 

 

A transmissão vertical (dos pais para a criança) de todas essas doenças é evitável. Quanto antes essas doenças forem detectadas no pré-natal maiores as chances de evita-las nos bebês.

 

 

No vídeo, inteiramente produzido pela Assessoria de Comunicação do DDAHV, uma mãe cuida de seu pequeno filho e alerta outros pais que ele é saudável porque ela cumpriu as etapas do pré-natal, pois “os cuidados com seu bebê começam antes mesmo de ele nascer”.

 

 

 

Numa cerimônia realizada no DDAHV, o vídeo foi apresentado aos funcionários do departamento. O diretor do DDAHV, Fábio Mesquita, agradeceu a colaboração da protagonista do vídeo, a funcionária da Ascom, Fernanda Dias Almeida Mizael, e que o vídeo mostra como o departamento “pode contribuir na qualidade de vida das mamães e dos bebês por elas gerados” e que alerta sobre os cuidados necessários para evitar a transmissão vertical.

 

 

 

O vídeo pode ser compartilhado por meio do YouTube e o material gráfico está disponível em alta resolução, para download, no site do DDAHV e pode ser usado por todas as Coordenações Estaduais de DST, Aids e Hepatites Virais. O objetivo é aproveitar a oportunidade do Dia das Mães para reforçar a importância desses exames no pré-natal.

 

 

 

SERVIÇO – Os testes para a detecção desses agravos podem ser realizados em qualquer unidade de saúde do SUS que ofereça o pré-natal.O vídeo e o material gráfico estão disponíveis em alta resolução, para download, no site do DDAHV e podem ser usados por todas as coordenações estaduais de DST, Aids e Hepatites Virais. O objetivo é usar a oportunidade do Dia das Mães para reforçar a importância destes exames no pré-natal.

 

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação/Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais