Maio Amarelo: Rota das Bandeiras promove ação com pedestres na Prof. Zeferino Vaz em Paulínia

Maio Amarelo
Maio Amarelo – Crédito: Divulgação / Rota das Bandeiras

 

 

A Concessionária Rota das Bandeiras realizou na manhã desta terça-feira, dia 19, mais uma edição do programa “Por Cima do Risco” na passarela do km 132 da rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332), em Paulínia. A ação busca conscientizar pedestres sobre o uso responsável dos dispositivos de segurança e faz parte do Movimento Maio Amarelo, que busca a mobilização da sociedade em busca da redução da violência no trânsito.

 

 

 

O local escolhido reúne grande concentração de pedestres por conta das empresas instaladas aos arredores da Replan. A abordagem foi realizada com quem já utiliza a passarela e também com aqueles que insistem em fazer a travessia pela rodovia. Em pouco mais de duas horas, foram ouvidos 88 pedestres. Além das orientações, eles receberam panfletos com dicas de segurança.

 

 
Na semana passada, a “Por Cima do Risco” foi realizada no km 75 da rodovia D. Pedro I (SP-065), em Atibaia, com crianças de uma escola municipal. Outras ações de conscientização são feitas ao longo do mês. Treze palestras foram agendadas em empresas às margens da malha viária; painéis de mensagem variável (PMVs) exibem mensagens do Movimento; folders com orientações de uma conduta responsável no trânsito são distribuídos nas praças de pedágio; e faixas instaladas nas rodovias alertam sobre os fatores de risco.

 

 
Desde que assumiu o Corredor Dom Pedro, em abril de 2009, a Concessionária construiu ou remodelou 15 passarelas, oito somente na região de Campinas e Paulínia. Outras duas estão em fase de construção na rodovia D. Pedro I (SP-065), em Campinas. No restante do Corredor Dom Pedro, são ainda outros três dispositivos que serão concluídos até o fim do ano. Todas as passarelas seguem as normas de acessibilidade estabelecidas pela Artesp.

 

 

 

Da Redação