Saúde: Saiba mais sobre a AIDS que atinge mais de 600 mil brasileiros

Saiba mais sobre a AIDS que atinge mais de 600 mil brasileiros
Saiba mais sobre a AIDS que atinge mais de 600 mil brasileiros

 

 

A aids é uma doença sexualmente transmissível causada pelo vírus da imunodeficiência humana, o HIV. Ela ataca, principalmente, o sistema imunológico, que é responsável por defender o organismo de outras doenças. A aids pode ser transmitida pelo sangue, esperma e secreção vaginal, pelo leite materno ou transfusão de sangue contaminado. Ela não se manifesta da mesma forma em todas as pessoas. Entretanto, os sintomas iniciais como, febre e diarreia constante, emagrecimento muito rápido, tosse crônica e suores noturnos, são geralmente parecidos.

 

Para o coordenador-geral de assistência e tratamento de DST/Aids do Ministério da Saúde, Marcelo Freitas, a população deve ficar atenta a cuidados essenciais para não atrair a doença. “Sempre ter as medidas de prevenção. E a principal medida de prevenção é o uso do preservativo, é a camisinha. O uso da camisinha é o meio mais seguro hoje de se evitar a transmissão do HIV. Esse é o principal ponto. Segundo ponto, as pessoas devem fazer o teste para o HIV, porque, quando elas se testam, elas têm o diagnóstico. Quanto mais cedo o diagnóstico, melhor são as condições de tratamento. Mais fácil é tratar, mais fácil é você conseguir que o tratamento funcione adequadamente, e evitar que se chegue então nas complicações da infecção pelo HIV, que são a AIDS.”

 

 

 

Há algum tempo, o diagnóstico de aids era uma sentença de morte. Hoje em dia é possível viver com a doença e ter qualidade de vida. Atualmente o SUS, oferece, de graça, 22 medicamentos para o tratamento da aids. Além dos remédios, os pacientes contam também com uma rede de assistência formada por Centros de Testagens e Aconselhamento, Serviços de Assistência Especializada e Unidades de Distribuição de Medicamentos.

 

 

Fonte: Victor Maciel/ Agência Saúde