Política: Senado aprova indicação de Reynaldo Fonseca para STJ

Juiz Reynaldo Fonseca
Juiz Reynaldo Fonseca

 

 

Os senadores aprovaram nesta quarta-feira (22) a indicação do juiz federal Reynaldo Fonseca para assumir uma vaga de ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Foram 56 votos favoráveis e 03 contrários. Reynaldo é, atualmente, coordenador do sistema de conciliação do Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

 

Ao ser sabatinado na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), na manhã desta quarta, o juiz defendeu, com bastante ênfase, a conciliação como uma alternativa na solução de conflitos jurídicos.

 

 

 

— O século 21 chegou e, felizmente, juízes federais, juízes de fazenda pública, começaram a aplicar seu papel de pacificador social. Daí porque sou entusiasta da conciliação e defendo a obrigatoriedade da tentativa de conciliação no processo civil e por que não dizer, no penal também, naqueles crimes de menor potencial lesivo — defendeu.

 

 

 

Durante a votação no Plenário do Senado, Randolfe Rodrigues (PSol-AP) salientou o esforço do magistrado pela implantação de câmaras de conciliação judicial em todo o país. Segundo o senador, essa medida pode ajudar a desafogar o Poder Judiciário.

 

 

— O juiz Reynaldo Fonseca trabalha para agilizar a justiça, além de ser partidário das posições mais céleres previstas no novo Código de Processo Civil — afirmou Randolfe.

 

 

Da Redação com informações da Agência Senado