Política: Câmara Federal promove Seminário LGBT para discutir a “propagação de ódio na internet”.

LGBT
LGBT

 

 
A Câmara dos Deputados promove, na quarta e na quinta-feira desta semana (20 e 21), o 12º Seminário LGBT do Congresso. Com o tema “Nossa vida [email protected] [email protected] – A empatia é a verdadeira revolução”, o evento discutirá como não só a população LGBT, mas também os negros, as pessoas com deficiência, os estrangeiros e os mais pobres, além de outras minorias historicamente difamadas, são alvo de ódio e discriminação.

 

 

Entre os assuntos que serão discutidos estão o monitoramento de redes sociais, crimes cibernéticos, bullying, expressão letal da injúria e da difamação, liberdade de expressão e discursos de ódio, e o papel das famílias na promoção da tolerância e do respeito.

 

 

 

O seminário é realizado por três comissões da Câmara (Legislação Participativa; Cultura; e Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática) a pedido dos deputados Jean Wyllys (Psol-RJ), Luiza Erundina (PSB-SP), Glauber Braga (PSB-RJ), Janete Capiberibe (PSB-AP) e Luciana Santos (PCdoB-PE).

 

 

 

“Na teoria, viver nossas vidas como desejamos e respeitar o direito do outro de viver segundo suas crenças seria a premissa básica de uma sociedade harmoniosa. Mais do que nunca, vemos que isso não é necessariamente verdade. Em tempos de tanto sentimento negativo, torna-se mais do que nunca necessário ‘estar pelo outro’, ‘colocar-se no lugar do outro’, ‘lutar pelo direito do outro’ – ou, em português claro, exercitar a empatia”, diz o requerimento dos deputados.

 

 

O evento ocorrerá no auditório Nereu Ramos.

 

 

 

Programação:

 

 

Quarta-feira, 20

 

 

10h às 12h – Mesa de abertura
Convidada especial: Daniela Mercury

 

 

12h às 14h – Intervalo para almoço

 

 

14h às 17h – Mesa 1: “Ódio nas redes” – Que sentimentos você propaga na web? Pare. Pense. Poste.
Raquel Recuero – jornalista, professora e pesquisadora das áreas de redes sociais e comunidades virtuais.
Pastora Romi Bencke – secretária-geral do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil

 

 

Quinta-feira, 21

 

 

9h às 12h – Mesa 2: “Ódio na carne” – A agressão além do verbo/A expressão letal da injúria e difamação.
Márcia Tiburi – filósofa e professora do Programa de Pós-Graduação em Educação, Arte e História da Cultura da Universidade Mackenzie.
Cláudia Pereira Dutra – secretária de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação
Luma Andrade – professora adjunta da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab)
Irina Bacci – diretora do Departamento de Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos, Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República

 

 

12h às 14h – Intervalo para almoço

 

 

14h às 17h – Mesa 3 – “Mais amor, por favor!” – Tolerância, respeito e diferenças.
Viviane Mosé – poetisa, filósofa, psicóloga e psicanalista. Mestre e doutora em filosofia pelo Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Maria Clara Araújo – ativista do transfeminismo. Estudante de pedagogia da Universidade Federal de Pernambuco
Ana Lúcia Lodi – história positiva de amor
Pedro HCM – idealizador do canal de humor Põe na Roda, composto por jovens LGBT

 

 
Da Redação com informações da Agência Câmara Notícias