Nacional: Saiba como fazer doações às cidades atingidas por tornado em Santa Catarina

Saiba como fazer doações às cidades atingidas por tornado em Santa Catarina
Saiba como fazer doações às cidades atingidas por tornado em Santa Catarina

 

A Secretaria Estadual de Defesa Civil informou na tarde desta quarta-feira, 22, que em princípio não está fazendo campanha de doações para os atingidos pelo tornado e fortes vendavais em Xanxerê e Ponte Serrada, no Oeste. Na distribuição de doações, as secretarias municipais da Assistência Social dos municípios estão envolvidas.

 

O secretário adjunto da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, disse que as prioridades estão sendo atendidas com recursos do Estado e da União, e todo o efetivo envolvido está atuando no cenário de desastre. “As campanhas de doações demandam uma estrutura de seleção dos materiais recebidos, o que atrasa a operação. O Governo do Estado já possui uma estrutura de fornecimento de itens de assistência humanitária, que foi acionada para atender o evento. Na distribuição de atividades coube a Xanxerê e Ponte Serrada por meio da Assistência Social a gestão das doações.”

 

 

O secretário da Assistência Social de Xanxerê, Amélio Radaelli, disse que a secretaria da Assistência Social do município de Xanxerê é a responsável pelas doações. Conforme ele, elas podem ser entregues na própria secretaria, no Parque de Exposições Rovilho Bortoluzzi, no Centro Comunitário da Igreja Matriz, no ginásio da EEB Costa e Silva e com depósitos bancários no Banco do Brasil, agência 0586-X, conta 2015-X.

 

 

Em Ponte Serrada, as doações estão sendo recebidas na secretaria da Assistência Social, junto à prefeitura. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (49) 3435-0122.

 

 

Orientações para as doações:

  • Os alimentos devem estar dentro do prazo de validade; não perecíveis; observar a integridade da embalagem.
  • Para colchões, roupa de cama e travesseiros devem estar limpos e em bom estado de conservação e prontos para serem utilizados.
  • Roupas e calçados devem estar limpos e em condições de uso; não podem estar rasgadas ou danificadas; os calçados devem estar completos, amarrados juntos; a numeração dever ser marcada com caneta.
  • Os utensílios domésticos precisam estar funcionando e em bom estado de conservação. Produtos de limpeza não devem ser acondicionados com alimentos e roupas para evitar contaminação.
  • Materiais de construção também são solicitados.

 

 
Da Redação com informações de Elisabety Borghelotti – Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação – Secom