Nacional: Leilão de energia marcado para o dia 30 terá oferta de 6,7 mil megawatts

Energia Elétrica
Energia Elétrica

 

 

Cinquenta empreendimentos estão habilitados para o próximo leilão de energia (Leilão A-5) que ocorrerá no dia 30 deste mês, somando oferta de energia elétrica de 6,7 mil megawatts (MW). A maior parte (25) é pequenas centrais hidrelétricas (PCH), com oferta de energia de 425,05 MW.

 

O anúncio foi feito hoje (28) pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), vinculada ao Ministério de Minas e Energia. O leilão tem como destaque 22 usinas térmicas, com oferta global de quase 6,09 mil MW, sendo 13 empreendimentos a biomassa, sete a gás natural e dois a carvão.

 

 

 

O presidente da EPE, Maurício Tolmasquim, considerou fundamental a participação de um número significativo de usinas termelétricas no leilão, para garantir o abastecimento de energia elétrica no país. “Essas térmicas são cada vez mais importantes, dada a dificuldade de se construir usinas hidrelétricas com reservatórios”, disse.

 

 

 

Segundo Tolmasquim, o aumento da geração de energia termelétrica diminui a vulnerabilidade do Brasil a eventos climáticos extremos, como os vivenciados no país desde o início de 2014. O estado de São Paulo concentra a maior quantidade de usinas térmicas que participarão do leilão (6), sendo cinco a biomassa e uma a gás natural; em seguida, vem o Amapá, com quatro usinas termelétricas (três a biomassa e uma a carvão).

 

 

Da Redação com informações da EBC