Nacional: Defesa Civil de Santa Catarina divulgou os números atualizados da destruição do tornado em Xanxerê e Ponte Serrada – 27/04/15

Xanxerê imagem aérea
Xanxerê imagem aérea

 

 

Segundo o documento elaborado por técnicos da Defesa Civil do Estado, em Xanxerê o número de desabrigados chega a 539. Já o número de desalojados, 4. 275, foram duas mortes e 97 feridos. O volume de edificações públicas danificadas somam 9. Enquanto os prédios residenciais atingidos pelo tornado alcançam 2.188. A quantidade das empresas atingidas é de 38. Ficaram totalmente destruídas 235 casas. Parcialmente, 360 imóveis. Já aquelas que tiveram apenas danos nos telhados somam 1.583.

 

 

Em Ponte Serrada, foram 77 pessoas desabrigadas, 1.050 desalojadas, 27 feridos, uma edificação pública danificada, 252 residências, 31 empresas afetadas. Em relação ao efeito do tornado nas residências de Ponte Serrada, o documento oficial prevê 24 casas totalmente destruídas, 148 de forma parcial e 180 com danos nas coberturas – telhados.

 

 

 

Prejuízos Econômicos

 

 

A Defesa Civil de Santa Catarina trabalha no levantamento de danos financeiros causados pelo evento climático severo. Conforme os relatórios oficiais, em Xanxerê, os prejuízos econômicos em edificações residenciais alcançam os R$ 49. 597.184. Nas empresas, os danos superam os R$ 45, 3 milhões. As edificações públicas tiveram danos financeiros de R$ 9, 7 milhões.

 

 

Os números de Ponte Serrada, são de R$ 885 mil em edificações públicas e pouco mais de R$ 8,1 milhões em residências e empresas.

 

 

 

Os dados podem alterar conforme as informações sobre residências e afetados chegam à equipe que trabalha no levantamento de informações. A Defesa Civil de Santa Catarina continua com equipe reforçada no fechamento de relatórios, atendimento de vítimas, encaminhamentos de demandas e necessidades.

 

 

Em Xanxerê e Ponte Serrada são seis coordenadores regionais da SDC, que organização as ações emergenciais que tiveram início já nas primeiras horas, após o evento. Além desses, forças de segurança, como Polícias Militar, Civil, Exército, Bombeiros, saúde pública estadual e municipal, secretarias municipais de Xanxerê, instituições que compõe o Grupo de Ações Coordenadas.

 

 

A força-tarefa no Município que conta ainda com representantes do Ministério Público do Estado e Procon de Santa Catarina.

 

 

 

Com informações de Paulo Cesar Santos da Assessoria de Imprensa – Secretaria de Estado da Defesa Civil