Nacional: Corpo de Thomaz Alckmin segue para Pindamonhangaba, interior de São Paulo

Corpo de Thomaz Alckmin segue para Pindamonhangaba, interior de São Paulo
Corpo de Thomaz Alckmin segue para Pindamonhangaba, interior de São Paulo

 

 

 

O cortejo que faz o traslado do corpo de Thomaz Alckmin, filho do governador Geraldo Alckmin, saiu às 14h30 do Hospital Albert Einstein, na capital paulista, onde ocorreu o velório. O corpo segue para a cidade de Pindamonhangaba, a 160 quilômetros, onde será enterrado às 17h.

 

 

Thomaz Alckmin morreu ontem (2), na queda de um helicóptero em que estava, em Carapicuíba. Ele era o filho mais novo do governador e tinha 31 anos. Thomaz trabalhava como piloto e era casado com Thais Fantato. Ele deixa duas filhas, uma de 10 anos e uma recém-nascida de 1 mês.

 

 

 

Além do filho do governador, quatro pessoas que estavam na aeronave morreram: o piloto Carlos Haroldo Isquerdo Gonçalves, de 53 anos, e os mecânicos Paulo Henrique Moraes, de 42 anos, Erick Martinho, de 36 anos e Leandro Souza, de 34 anos. Todos os corpos foram liberados do Instituto Médico-Legal (IML) antes das 8h de hoje.

 

 

 

Segundo a empresa Seripatri, responsável pela operação do helicóptero, o piloto tinha mais de 30 anos de experiência na profissão. O acidente, informou a empresa, ocorreu durante voo de teste, após a aeronave passar por manutenção preventiva.

 

 

 

O helicóptero era da marca Eurocopter, modelo EC 155, prefixo PPLLS, e tinha cerca de quatro anos de uso, com aproximadamente 600 horas de voo, de acordo com a Seripatri. A aeronave estava com documentação e manutenção em ordem.

 

 

Da Redação com informações da EBC