Segurança: Polícia Civil Paulista prende líder de quadrilha que roubou relógios de famosos

Chefe que roubava Rolex é preso
Chefe que roubava Rolex é preso

 

A Polícia Civil prendeu o líder de uma quadrilha interestadual de roubo de relógios Rolex, no início da tarde de quinta-feira (19), em Taboão da Serra, na Grande São Paulo. O homem era procurado por policiais do Rio de Janeiro e Minas Gerais. Entre as vítimas estão um técnico de futebol e uma atriz.
 

A prisão foi realizada pela equipe da 3ª Patrimônio (Delegacia de Investigações sobre Crimes Patrimoniais contra Órgãos e Serviços Públicos), do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais). Os policiais cruzaram informações e descobriram onde o líder se escondeu depois dos roubos, que podem ter rendido R$ 2 milhões.

 

 

 

Os policiais detiveram F.E.G., de 24 anos, na Rua Irmã Paula Loebenstein, no Jardim Freitas Júnior. O homem, que era procurado pela Justiça do Rio de Janeiro, tem o apelido de “Lacoste”, devido à preferência pelas roupas da grife francesa. No momento da prisão, ele vestia uma camiseta da marca.

 
F.E.G. estava escondido em Taboão da Serra, onde sempre morou. Para não ser descoberto, ele passou a adotar o nome de M.P.S. Porém, acabou localizado e ainda responderá por uso de documento falso.

 

 

 

Da Redação com fonte da Assessoria de Imprensa do Deic