Segurança: Polícia Civil faz operação contra o tráfico e prende quadrilha na Capital Paulista

Após denúncia, a polícia encontrou drogas e armas no local onde era relizado o tráfico
Após denúncia, a polícia encontrou drogas e armas no local onde era relizado o tráfico

 

 

A Polícia Civil deflagrou, às 16 horas desta quinta-feira (19), uma operação de combate ao tráfico de drogas no bairro do Jardim Miriam, zona sul da Capital. A ação, desencadeada após trabalho de investigação, terminou com a prisão de uma quadrilha e apreensão de quatro tijolos e quase 600 poções de drogas.

 

 

 

Após denúncia anônima feita no início do mês, uma equipe do 98º Distrito Policial (Jardim Miriam) começou a investigar o bando por meio de um trabalho de inteligência policial, que contou com levantamento de informações e monitoramento, para identificar os envolvidos com o tráfico na região.

 

 

 

Os policiais descobriram que a venda dos entorpecentes ocorria em um terreno baldio da Rua Ferruci Sandoli e que os traficantes distribuíam as drogas para toda a região. Então, a equipe planejou e deflagrou uma operação para coibir o crime no local.

 

 

O flagrante

 

 

Na ação, foram presos o “olheiro” F.H.M.B., de 19 anos, que avisava os traficantes sobre a chegada da polícia, R.S.O.S., de 22, suspeito de vigiar o local onde ocorria a venda das drogas, e W.N.S., de 27 anos, que traficava os entorpecentes em uma cabine de alvenaria.

 

 

 

W.N.S. foi flagrado dentro do depósito de drogas, com os entorpecentes já embalados e separados para distribuição e um revólver de calibre 38.

 

 

 

No local, foram apreendidos 329 pinos de cocaína, 130 pedras de crack, 28 papelotes de haxixe, 18 comprimidos de ecstasy, 87 porções e quatro tijolos de maconha.

 

 

Além das drogas, a equipe aprendeu 17 munições de diversos calibres, R$ 258,00, três celulares e um caderno de contabilidade do tráfico. Os objetos e entorpecentes foram levados para perícia do Instituto de Criminalística (IC).

 

 

 

O 98° DP registrou a ocorrência como drogas sem autorização ou em desacordo, colaborar com grupo, organização ou associação, posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, localização/apreensão de objeto e associarem-se duas ou mais pessoas.

 

 
Da Redação com fonte de Celina Oliveira SSP/SP