Justiça: Presidenta Dilma Rousseff indica Luiz Edson Fachin para vaga no STF que foi aberta a oito meses atrás devido a aposentadoria do ministro Joaquim Barbosa.

Luiz Edson Fachin
Luiz Edson Fachin

 

A presidenta Dilma Rouseff anunciou nesta terça-feira (14), por meio de nota, o nome do professor Luiz Edson Fachin como novo ministro do STF. A indicação de Fachin tem como objetivo preencher a vaga aberta a oito meses atrás pela aposentadoria do ministro Joaquim Barbosa.

 

 

Segundo nota divulgada pela Secretaria de Imprensa da Presidência da República, Fachin – que é professor titular da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e possui pós-doutorado na Alemanha – possui todos os requisitos necessários para o cargo. Para ser oficializado como novo ministro do STF, o advogado precisa passar ainda por Sabatina do Senado Federal.

 

 

 

Confira a nota na íntegra:

 

 

“A presidenta Dilma Rousseff indicou nesta terça-feira, 14 de abril, o advogado Luiz Edson Fachin para compor o quadro de ministros do STF, ocupando a vaga aberta com a aposentadoria do ministro Joaquim Barbosa. A indicação de Fachin, catedrático de Direito Civil da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná, professor visitante do King’s College, na Inglaterra, e pesquisador convidado do Instituto Max Planck, na Alemanha, será encaminhada ao Senado Federal para apreciação. O advogado Luiz Edson Fachin cumpre todos os requisitos necessários para o exercício do mais elevado cargo da magistratura do País”.

 

 

Da Redação com informações da Secretaria de Imprensa/SECOM – Presidência da República