Embrapa: Inscrições de trabalho para Congresso Latino- Americano de Banana vão até 14 de junho

O congresso é um dos principais eventos internacionais relacionado à bananicultura - Foto: Herminio Rocha
O congresso é um dos principais eventos internacionais relacionado à bananicultura – Foto: Herminio Rocha

 

 

 

Os interessados têm até o dia 14 de junho para submeter trabalhos ao III Congresso Latino-Americano e do Caribe de Bananas e Plátanos, um dos mais importantes eventos internacionais relacionados à bananicultura, que vai acontecer de 18 a 20 de agosto, no Seminário Sagrado Coração de Jesus, em Corupá (SC). O evento — que este ano tem por tema central “Musáceas no subtrópico: desafios e oportunidades frente à variabilidade climática” — é voltado para produtores, técnicos, extensionistas, pesquisadores e estudantes e abrange 27 palestras. Os trabalhos aprovados serão apresentados em formato de pôster. Todas as informações sobre inscrição, envio de resumos e especificações do pôster estão disponíveis em http://banana-networks.org/musalac/2015/02/16/reunion-musalac-y-congreso/

 

Logo em seguida ao congresso, nos dias 21 e 22, será realizada a XI Reunião do Comitê Gestor da Musalac, no Hotel Tureck Garten. Essa é a primeira vez que o Brasil recebe a reunião da Rede de Pesquisa e Desenvolvimento de Banana e Plátano para América Latina e Caribe (Musalac), criada em 1986. Ao contrário do congresso, a reunião não é aberta ao público em geral, apenas para membros da rede. Os eventos estão sob a organização da Embrapa Mandioca Fruticultura (Cruz das Almas, BA) — Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento —, Musalac, Bioversity Internacional, Associação dos Bananicultores de Corupá (Asbanco), Prefeitura Municipal de Corupá e Instituto Agronômico (IAC).

 

 

 

Objetivos

 

 

Segundo o pesquisador Miguel Dita, secretário-executivo do evento e da Musalac, são dois eventos interligados, mas com objetivos bem específicos. “O congresso busca oferecer um espaço de alto nível para apresentar e discutir temas de relevância com o setor produtivo e acadêmico. Já a reunião visa agregar os países membros da rede para discutir temas de interesse regional, como mudanças climáticas, mal-do-Panamá, entre outros, além de revisar as agendas e avanços de pesquisa com bananeira em cada um dos países.” O folder completo da programação está disponível em https://www.embrapa.br/documents/1355135/0/Folder+Musalac+15_maio/9cf2a678-ca2d-40f4-9045-efbe95ada9f6

 

 

 

Corupá

 

 

O município de Corupá foi escolhido porque produz uma banana diferenciada em sabor e baseia-se na agricultura familiar. A banana é a principal fonte de renda da região (aproximadamente 600 famílias dependem diretamente da cultura).

 

 

 

 

Da Redação com informações de Alessandra Vale – Embrapa Mandioca e Fruticultura