Crise Econômica Brasileira: Investimento cai 1,3% no primeiro trimestre de 2015

O Índice de Confiança da Indústria é o pior dos últimos nove anos
Investimento cai 1,3% no primeiro trimestre de 2015

 

 

Os investimentos – formação bruta de capital fixo – caíram 1,3% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o trimestre anterior. Esse é o sétimo recuo consecutivo do indicador nesse tipo de comparação, segundo dados divulgados hoje (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nas Contas Nacionais Trimestrais.

 

 

Houve retração de 7,8% nos investimentos, também, em relação ao primeiro trimestre de 2014, marcando o quarto recuo consecutivo nesse tipo de comparação. No acumulado de 12 meses, a formação bruta de capital fixo teve o terceiro recuo, ao registrar uma queda de 6,9%.

 

 

 
“Isso tem muito a ver com o desempenho da indústria da transformação [que caiu 1,6% na comparação com o trimestre anterior e 7% na comparação com o primeiro trimestre de 2014]. Tem muito a ver com a produção de bens de capital, que é um componente muito importante dos investimentos”, disse a coordenadora de Contas Nacionais do IBGE, Rebeca Palis.

 

 

 

A taxa de investimento ficou em 19,7% do Produto Interno Bruto (PIB) – soma de todas as riquezas geradas pelo país – no primeiro trimestre deste ano, abaixo dos 20,3% do mesmo período de 2014. A taxa de poupança também teve queda, ao passar de 17% do PIB, em 2014, para 16% neste ano.

 

 

 
Da Redação com informações provenientes da Agência Brasil