Internacional: Radiação de Fukushima foi detectada nas costas da América do Norte.

Ilha de Vancouver em British Columbia
Ilha de Vancouver em British Columbia

 

 

 

A radiação do desastre nuclear de Fukushima, que começou em 2011, pela primeira vez foi detectada ao longo de uma linha costeira da América do Norte, embora em níveis muito baixo para representar uma ameaça significativa para a vida humana e marinha, disseram cientistas na segunda-feira.

 

Vestígios de césio-134 e césio-137 foram detectados em amostras coletadas em 19 de fevereiro na costa da Ucluelet, uma pequena cidade na ilha de Vancouver, em British Columbia, disse o cientista Ken Buesseler da  Woods Hole Oceanographic Institution .

 

“A radioatividade pode ser perigosa, e nós devemos estamos monitorando cuidadosamente os oceanos, após o que é certamente a maior liberação acidental de contaminantes radioativos para os oceanos da história”, disse Buesseler em seu comunicado.

 

Os níveis do grupo detectados são extremamente baixos. Por exemplo, nadar na água Vancouver Island todos os dias durante um ano iria fornecer uma dose de radiação menos de mil vezes menor do que um único raio-X odontológico, disse Woods Hole.

 

Buesseler disse que espera que os baixos níveis de césio semelhantes alcancem  gradualmente outras praias da América do Norte, e que possivelmente  se estenda ao longo da costa oeste dos EUA do estado de Washington para a Califórnia.

 

Da redação com informações de Agências Internacionais