Internacional: Após mais de 20 anos a Coréia do Norte receberá a visita de um secretário-geral da ONU.

Ban Ki-moon em discurso na Coreia do Sul. Foto: ONU/Evan Schneider
Ban Ki-moon em discurso na Coreia do Sul. Foto: ONU/Evan Schneider

 

 

 

O secretário-geral da ONU anunciou que fará uma visita ao parque industrial de Kaesong, na Coreia do Norte, nesta quinta-feira.

 

Segundo seu vice-porta voz, a “visita será a primeira de um secretário-geral da ONU ao país em mais de 20 anos”.

 

 

Reconciliação

 

 

 

Falando a jornalistas em Nova York, Farhan Haq disse que Ban Ki-moon reiterou sua “disponibilidade em fazer todo o necessário para contribuir com a melhora da relação entre as Coreias e a promoção da reconciliação e da paz na Península Coreana”.

 

 

O chefe da ONU está na Coreia do Sul. Em discurso no Fórum de Liderança da Ásia, nesta terça-feira, Ban falou sobre o papel organização na paz regional.

 

 

Armas Nucleares

 

 

Segundo o chefe da ONU, há um “forte consenso internacional sobre a necessidade de desnuclearização verificável da Península Coreana”.

 

 

Isto, de acordo com Ban, está sendo reafirmado na Conferência de Revisão das Partes do Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares, TNP, que termina na sexta-feira, na sede da ONU, em Nova York.

 

 
O secretário-geral saudou todas as ações, incluindo do governo da Coreia do Sul de buscar “formas criativas de retomar o diálogo”.

 

 
Ban afirmou que a ONU “está pronta para apoiar ações para levar paz e estabilidade à região” e que vai fazer todo o possível, como secretário-geral.

 

 

Conselho de Segurança

 

 

 
Ele encorajou a Coreia do Norte a “tomar as medidas necessárias que permitam o retorno a engajamento e negociações multilaterais, incluindo cumprindo com todas as resoluções relevantes do Conselho de Segurança”.

 

 

 

Ban disse ainda que a “relação entre as Coreias é fundamental para paz duradoura”. Ele disse esperar que ambos os lados tenham o menor número possível de precondições para “se envolverem em diálogo sincero que possa aproximar as pessoas”.

 

 

Pacto Global

 

 

 

Falando em evento do Pacto Global, Ban mencionou que as Nações Unidas estão desenvolvendo os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs, que vão substituir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, ODMs.

 

 

 

Ele afirmou que para criar os ODSs, parceiros em todo o mundo estão sendo consultados, incluindo a comunidade empresarial.

 

 

 

O chefe da ONU afirmou ter “expectativas altas” para a contribuição do setor privado para estes objetivos. Para Ban, negócios serão “fundamentais” para o sucesso da erradicação da pobreza e combate à mudança climática.

 

 

 

Educação

 

 

 

O secretário-geral mencionou ainda a Conferência para Financiamento para o Desenvolvimento, em julho, na Etiópia.

 

 

 

Na Coreia do Sul, Ban também participou da abertura do Fórum Mundial de Educação. O encontro começou esta terça-feira com o objetivo de criar uma agenda global para o setor até 2030.

 

 

 

Da Redação com informações da Agência Câmara Notícias