UFC 187 Weidman x Belfort: O Brasileiro Rafael Sapo derrotou Uriah Hall por decisão dividida na quarta luta do card preliminar.

Rafael Natal SAPO 1 derrotou Uriah Hall por decisão dividida no card preliminar do #UFC187 e aproveitou para desafiar um lutador top 10 da categoria dos médios. "A hora dele vai chegar".
Rafael Natal SAPO 1 derrotou Uriah Hall por decisão dividida no card preliminar do #UFC187 e aproveitou para desafiar um lutador top 10 da categoria dos médios. “A hora dele vai chegar”.

 

 

 

A noite começou boa para os fãs brasileiros. Após uma luta apertada, Rafael Sapo derrotou Uriah Hall por decisão dividida na quarta luta do card preliminar. O peso-médio brasileiro trocou de igual para igual com o jamaicano e fez bom uso das quedas, especialmente no segundo round, para conseguir emplacar sua terceira vitória seguida no Ultimate.

 

 

“Eu realmente não sei o que aconteceu nos últimos dias para termos essa animosidade. Uriah cresceu em Nova York, eu moro em Nova York e eu acredito que virou uma competição para ver quem representa melhor a cidade”, comentou o brasileiro ainda no octógono ao ser questionado sobre a rivalidade entre ambos, e completou pedindo um adversário de peso. “Vamos ver quem é o próximo, talvez o Michael Bisping. Ele anda falando muita besteira sobre mim”.

 

 

 

 

A estrela sul-coreana Dong Hyun Kim passou por dificuldades contra Josh Burkman no terceiro round, mas se recuperou e venceu o norte-americano com um katagatame. Kim usou seu judô para pressionar seu adversário nos dois primeiros períodos, mas foi surpreendido com uma sequência poderosa de golpes e quase saiu nocauteado. O meio-médio, no entanto, resistiu e usou seu jogo de solo para vencer o veterano.

 

 

 

Na luta de abertura da noite, Justin Scoggins usou e abusou dos chutes para vencer Josh Sampo por decisão unânime. O peso-mosca aproveitou sua maior envergadura para acertar diversos golpes no adversário e se recuperar das derrotas sofridas para Dustin Ortiz e John Moraga. No combate seguinte, Islam Makhachev manteve a invencibilidade em sua estreia no Ultimate e finalizou o também debutante Leo Kuntz com um mata-leão no segundo round. Esta é a 12ª vitória do lutador do Dagestão e a terceira seguida por finalização.

 

 

 

 

Em uma luta empolgante, Colby Covington manteve a invencibilidade bateu Mike Pyle por decisão unânime. O combate foi marcado pelo belíssimo jogo de chão dos meio-médios e quase terminou com a vitória de Pyle no final do terceiro round, quando o lutador encaixou um mata-leão em seu rival, que se livrou do estrangulamento ao usar a grade para girar a posição. Esta é a terceira vitória de Covington no Ultimate.

 

 

 

 

Fechando o card preliminar, John Dodson venceu Zach Makovsky por decisão unânime após 11 meses sem lutar. O número #1 no ranking dos moscas não mostrou a agressividade costumeira em seus combates, mas usou sua maior experiência no jogo em pé e controlou o combate no chão quando foi preciso. É a terceira vitória consecutiva de Dodson, que antes havia nocauteado Darrell Montague e John Moraga. Confira os resultados:

 

A torcida brasileira teve sentimentos distintos durante o #UFC187,vibrou muito com a vitória suada de Rafael Natal SAPO…

Posted by UFC on Domingo, 24 de maio de 2015

 

 

Card Preliminar
John Dodson venceu Zach Makovsky por decisão unânime (triplo 29-28)
Dong Hyun Kim venceu Josh Burkman por finalização no R3
Rafael Sapo venceu Uriah Hall por decisão dividida (29-28; 28-29; 29-28)
Colby Covington venceu Mike Pyle por decisão unânime (30-27;29-28;30-27)
Islam Makhachev venceu Leo Kuntz por finalização no R2
Justin Scoggins venceu Josh Sampo por decisão unânime (triplo 30-27)