Tênis: Vitória em Monte Carlo faz Djokovic disparar em ranking da ATP

Djokovic vence Berdych, e conquista o Masters de Monte Carlo. REUTERS/Jean-Paul Pelissiera
Djokovic vence Berdych, e conquista o Masters de Monte Carlo.
REUTERS/Jean-Paul Pelissiera

 

 

No ranking divulgado nesta segunda-feira (20) pela ATP, o número 1 do mundo deixa seus adversários bem distantes na disputa pelo lugar mais alto do pódio. Além de ampliar a vantagem sobre seus concorrentes, a vitória do torneio de Monte Carlo confirma que o sérvio Novak Djokovic é mais do que nunca um sério candidato a destronar Rafael Nadal no saibro parisiense.

 

O torneio de Monte Carlo é considerado um bela prévia do Aberto da França, segundo Grande Slam da temporada que começa dentro de quatro semanas.

 

 

Antes de enfrentar e vencer Tomas Berdych na final, Djokovic passou pelo espanhol Nadal, criando ainda maiores expectativas de um futuro duelo entre os dois no próximo torneio de Roland Garros. O sérvio faturou no domingo seu segundo título no Principado de Mônaco em três anos.

 

 

Nos últimos seis meses, Novak Djokovic venceu todos os torneios mais importantes que disputou e, com o sucesso deste domingo, se tornou o primeiro tenista a faturar os três primeiros títulos do ano da série Masters 1000 (Indian Welles, Miami e Monte Carlo).

 

 

Djokovic dispara e Nadal sobe

 

 

Enquanto se prepara para tentar levantar o troféu de Roland Garros, o único Grande Slam que lhe falta na carreira, Djokovic saboreia mais uma semana como líder incontestável do ranking.

 

 

Ele soma agora 13.845 pontos, bem à frente do segundo colocado, o suíço Roger Federer que tem 8.385 pontos.

 

 

Apesar da derrota na semifinal para Djokovic, o espanhol Rafael Nadal subiu uma posição e é o quarto melhor tenista da atualidade, superando o japonês Kei Nishikori. Outra novidade foi a subida de tcheco Tomas Berdych que passou a sétimo lugar do ranking por ter chegado à final de Monte Carlo.

 

 

Confira o ranking da ATP em 20 de abril (Entre parênteses, a mudança em relação à classificação anterior)

 

 

1. Novak Djokovic 13.845 pts
2. Roger Federer 8.385
3. Andy Murray 6.060
4. Rafael Nadal 5.435 (+1)
5. Kei Nishikori 5.280 (-1)
6. Milos Raonic 5.070
7. Tomas Berdych 4.960 (+1)
8. David Ferrer 4.490 (-1)
9. Marin Cilic 3.495 (+1)
10. Stan Wawrinka 3.495 (-1)
11. Grigor Dimitrov 3.145
12. Feliciano Lopez 2.380
13. Gilles Simon 2.255
14. Jo-Wilfried Tsonga 2.045
15. Gaël Monfils 2.020 (+3)
16. Roberto Bautista 1.985
17. Kevin Anderson 1.960 (-2)
18. Ernests Gulbis1.910 (-1)
19. John Isner 1.765
20. Tommy Robredo 1.720

 

 
Da Redação com informações da RFI