Taça Libertadores 2015: Cruzeiro perde para o Huracán por 3 a 1 e adia classificação na Libertadores

Cruzeiro sofre revés na Argentina e adia classificação na Libertadores - www.cruzeiro.com.br
Cruzeiro sofre revés na Argentina e adia classificação na Libertadores – www.cruzeiro.com.br

 

O Cruzeiro foi a Buenos Aires encarar o Huracán na noite desta terça-feira e acabou sendo superado pelo placar de 3 a 1. Ramón Ábila (duas vezes) e Mancinelli fizeram os gols do time argentino, enquanto Leandro Damião descontou para a Raposa. O duelo foi válido pela quinta rodada do grupo 3 da Copa Libertadores 2015.

 

 

Após esse resultado, o Cruzeiro caiu para a segunda colocação de sua chave, com oito pontos conquistados e três gols de saldo. A liderança do grupo pertence ao Universitario Sucre, que venceu o Mineros por 2 a 0, chegou aos nove pontos e também possui saldo positivo de três tentos. Já o Huracán está na terceira colocação, com um ponto e um gol a menos que o Clube azul.

 

 

 

Agora, a Raposa decide sua classificação para as oitavas de final da competição na próxima terça-feira, quando terá pela frente o Universitario Sucre, às 20h30, no Mineirão. Mas, antes disso, o tetracampeão brasileiro encara o Atlético-MG, no domingo, às 16, também no Gigante da Pampulha, pelo segundo e decisivo confronto da semifinal do Campeonato Mineiro.

 

 

HURACÁN 3 X 1 CRUZEIRO

 

 

Motivo: 5ª rodada do grupo 3 da Copa Libertadores 2015
Data: 14 de abril (terça-feira)
Local: Estádio El Palacio, em Buenos Aires-ARG
Árbitro: Patricio Polic (CHI)
Assistentes: Carlos Astroza e Raúl Orellana
Gols: Ramón Ábila, aos 14 e aos 23 minutos do primeiro tempo; Leandro Damião, aos 14, e Mancinelli, aos 18 minutos do segundo tempo.

 

 

 

Huracán: Díaz; Mancinelli, Hugo Nervo, Eduardo Dominguez e Luciano Balbi; Lucas Villarruel, Federico Vismara; Edson Puch (Torassa), Patrício Toranzo (Gallegos) e Gamarra (Fabianesi); Ramón Ábila.
Técnico: Néstor Apuzzo

 

 

 

Cruzeiro: Fábio; Mayke, Léo, Paulo André e Mena (Pará); Willians (Gabriel Xavier), Willian Farias, Henrique e Arrascaeta; Willian (Riascos) e Leandro Damião
Técnico: Marcelo Oliveira

 

 

 

Cartões amarelos: Díaz, Dominguez (Huracán); Willian Farias, Paulo André, Henrique (Cruzeiro)

 

 
Da Redação com informações do Site Oficial do Cruzeiro – www.cruzeiro.com.br