Taça Libertadores 2015 – Após deixar seus torcedores na “sofrência”, o São Paulo vira para cima do Danúbio

Já nos acréscimos, aos 46 minutos e com muita emoção, Michel Bastos cruzou da esquerda e Centurión, de cabeça, testou no canto direito de Torgnascioli para decretar a reviravolta no placar e garantir a festa da torcida são-paulina - Por Rubens Chiri/saopaulofc.net
Já nos acréscimos, aos 46 minutos e com muita emoção, Michel Bastos cruzou da esquerda e Centurión, de cabeça, testou no canto direito de Torgnascioli para decretar a reviravolta no placar e garantir a festa da torcida são-paulina – Por Rubens Chiri/saopaulofc.net

 

Brigando pela classificação para a próxima fase da Taça Libertadores da América, o São Paulo visitou o Danubio (URU) nesta quarta-feira (15) e venceu o jogo pelo placar de 2 a 1, de virada.

 

 

O São Paulo vai a nove pontos e segue com chances de classificação para a próxima fase. O Danubio tem um ponto conquistado e está eliminado.

 

 

 

O jogo começou com os dois times tentando achar espaços para criar jogadas de gol, mas com dificuldades para encaixar a troca de passes e travando o ritmo da partida no meio-de-campo.

 

 

O São Paulo conseguiu aumentar a pressão na primeira etapa e aos 22 minutos, Michel Bastos foi para o cruzamento e Pereira quase marcou gol contra. O meia tentou a jogada com Alexandre Pato, aos 30, que foi para o arremate e forçou a defesa do goleiro Torgnascioli.

 

 

Sosa, aos dois minutos do segundo tempo, abriu o placar para o Danubio depois de rebote de Hudson em cobrança de falta.

 

 

O São Paulo foi buscar a reação e aos 14, Alexandre Pato empatou o jogo cabeceando bola cruzada pela esquerda por Michel Bastos, após jogada de Reinaldo e Hudson.

 

 

O jogo se tornou mais equilibrado após o empate, com o São Paulo buscando mais o ataque e o Danubio tentando retomar o controle das ações ofensivas. Alexandre Pato, aos 27, tentou novamente de cabeça e o goleiro do time da casa fez boa defesa.

 

 

Os dois times buscaram oportunidades para fazer o gol nos minutos finais e aos 46, também de cabeça, Centurión fez o gol da virada dos visitantes.

 

 

Próximos jogos de Danubio e São Paulo pela 6ª e última rodada do Grupo 02 da Taça Libertadores da América 2015

San Lorenzo (ARG) x Danubio (URU) – 22/abr – 22h00 – Estádio Nuevo Gasómetro

São Paulo x Corinthians – 22/abr – 22h00 – Estádio do Morumbi

 

 
FICHA TÉCNICA
DANUBIO-URU 1 X 2 SÃO PAULO

 

 

Local: Estádio Luiz Franzini, em Montevidéu (Uruguai)
Data: 15 de abril de 2015, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Jose Argote (VEN)
Assistentes: Carlos López (VEN) e Luis Murillo (VEN)
Cartões amarelos: Fornaroli, Gravi (Danubio); Dória, Reinaldo, Hudson (São Paulo)

 

 

Gols:
DANUBIO: Leandro Sosa, aos dois minutos do segundo tempo
SÃO PAULO: Alexandre Pato, aos 15 minutos do segundo tempo, e Centurión, aos 45 minutos do segundo tempo

 

DANUBIO: Torgnascioli; Matías Santos, Ricca e Cristian González; Gravi, Formiliano (Ghan), Milessi (Augustín Viana) e Joaquín Pereyra, Sosa; Matías Castro (Martin Silvera) e Fornaroli
Técnico: Leonardo Ramos

 

 

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda (Centurión), Rafael Toloi, Dória e Reinaldo; Rodrigo Caio (Luis Fabiano), Souza, Hudson, Ganso (Lucão)e Michel Bastos; Alexandre Pato
Técnico: Milton Cruz (interino)

 

 

Da Redação com informações da FPF