Natação: Troféu Maria Lenk e Brazil Synchro Open movimentam os esportes aquáticos nesta semana no Rio

TROFÉU MARIA LENK - 2015
TROFÉU MARIA LENK – 2015

 

Competição de natação define as seleções para o Pan de Toronto e o Mundial de Kazan. O aberto de nado sincronizado terá a novidade do dueto misto

 

 

A semana será intensa para os esportes aquáticos. A 55ª edição do Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação – Troféu Maria Lenk – será realizada no Fluminense, no Rio de Janeiro, a partir desta segunda (06.04) até sábado (11.04). Estão inscritos 347 atletas de 39 clubes: além dos brasileiros, haverá participação de nadadores uruguaios, bolivianos, paraguaios, argentinos e chilenos. O Troféu este ano será uma grande homenagem à lendária nadadora Maria Lenk Ziegler, que completaria 100 anos em 2015.

 

 

 

A competição definirá as seleções para os Jogos Pan-Americanos de Toronto (Canadá), para o Mundial de Esportes Aquáticos de Kazan (Rússia) e para o Campeonato Mundial Júnior. O Pan de Toronto é o único que não tem índices especiais estabelecidos. A seleção será definida de acordo com os melhores índices técnicos em cada prova. Devido à complexidade da formação dos times em datas tão próximas – o Pan será realizado em julho e os mundiais, em agosto – a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) não anunciará as seleções logo após o término do Troféu Maria Lenk, no sábado (11.04), mas até a metade do mês de maio.

 

 

 

As eliminatórias serão realizadas a partir das 9h, enquanto as finais têm início às 17h, com exceção do último dia, que terá as eliminatórias iniciando às 8h30, finais B marcadas para 16h, aquecimento para as finais A às 16h40 e finais A, às 17h15.

 

 

Nado sincronizado

 

 

 

Também no Rio de Janeiro, desta vez no Parque Aquático Maria Lenk, será realizado o 4º Brazil Synchro Open, entre 10 e 12 de abril, com a novidade do dueto misto. A competição reunirá nove países contando com o Brasil. Entre eles, está a Ucrânia, forte candidata a um pódio olímpico em 2016. O time ucraniano desembarca na próxima terça-feira (07.04), trazendo um dueto misto que se apresentará na primeira prova da competição. O casal competiu no último Germam Open há três semanas e agora traz para a América do Sul a nova prova que integra o programa dos principais eventos da Federação Internacional de Natação (FINA).

 

 

 

Além da Ucrânia e do Brasil, estão inscritos na competição Canadá, Espanha, Argentina, Colômbia, Chile, China e Peru. Nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, a Espanha foi medalha de prata no dueto e bronze na equipe. A China, ao contrário, levou bronze com o dueto e prata na prova por equipe.

 

 

 

O Canadá foi quarto colocado nas duas provas de Londres e é o terceiro país em número de medalhas na história olímpica, com três medalhas de ouro, quatro de prata e uma de bronze. As ucranianas estão em franca ascensão e investindo pesado para conseguir o pódio olímpico em 2016. No Mundial dos Esportes Aquáticos de Barcelona, em 2013, elas já subiram no degrau de bronze nas provas livre e técnica de equipe e na rotina livre combinada (combo), terminando na quarta posição nas demais.

 

 

 

No Synchro Open o Brasil já estará com suas coreografias técnicas que serão usadas nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015 e nos Jogos Olímpicos Rio 2016. As rotinas com o tema de capoeira para o dueto e motoqueiros para a equipe foram executadas nos recentes campeonatos abertos da Alemanha e da França. As coreografias ou rotinas livres para o Pan e Olimpíada ainda estão em segredo.

 

 

 

 

 

Da Redação com informações da CBDA