Drift Trike: Atleta da Equipe DTA Atibaia é campeão da 2ª Etapa do Campeonato Paranaense de Drift Trike

Felipe Faria
Felipe Faria

 

Drift Trike Atibaia continua com ótimas colocações em campeonatos disputados por todo o país. Dessa vez, a façanha foi do piloto Felipe Faria, o Indião, quA Equipe DTA – e conquistou o primeiro lugar pela Catogoria Pró, na 2ª Etapa do Campeonato Paranaense de Drift Trike. O evento ocorreu no último final de semana em Guarapuva (PR), na Serra do Jordão.

 

Na ocasião, também foi comemorado o Dia Nacional do Trike. A data foi instituída em consideração ao piloto Gabriel Calles que há um ano morreu em um acidente em São Paulo. Em homenagem ao atleta, foi realizada a “Descida Avalanche”, da qual participaram todos os competidores.

 

O esporte, que atrai os amantes da adrenalina, provoca emoção com as descidas em ladeiras através dos triciclos adaptados, que podem atingir até 100 quilômetros por hora. A cada dia, os envolvidos nas provas oficiais buscam aperfeiçoar os circuitos e exigências com equipamentos, para que acidentes graves não voltem a ocorrer e as competições sejam mais seguras. Foi o caso dessa etapa do paranaense, que não registrou nenhum contratempo grave.

 

 

Nas descidas oficiais, o atleta da DTA, Indião, se destacou em sua categoria, saindo na frente em todas as baterias disputadas. “O circuito não possui muitos pontos de ultrapassagem, apenas duas curvas, muitas retas e ondulações. Quem consegue largar na frente acaba levando vantagem“, comentou.

 

 

Natural de Londrina, Felipe Faria nasceu em 13 de março de 1985 e pratica o esporte desde abril de 2012, mesma época em que o Drift Trike tornou-se conhecido no Brasil. Nesse curto tempo, já participou dos campeonatos mais importantes e é considerado uma das maiores promessas do esporte no país.

 

 

Como também foi o campeão da primeira etapa, Indião segue em primeiro lugar no ranking do Campeonato Paranaense.

 

 

Outro piloto que trouxe um ótimo resultado para a Equipe DTA, indo até a semifinal da etapa, foi o mais novo integrante do grupo, o atleta Jesse Souza, de Santa Catarina. Ele compete na modalidade há 3 anos e diz gostar de correr em Guarapuava. “É sempre bacana competir aqui.

 

 

Pista de nível alto que não exige tanta técnica, mas jeito. Quem erra menos, sai em vantagem. Tem bastante ondulação que acaba exigindo mais atenção do piloto”, afirmou.

 

 

Confira a classificação da Categoria Pró da 2ª Etapa Paranaense15:

 

1º – Felipe Faria (Indião) – Equipe DTA

 

2º – Nivaldo Cândido – Equipe DTM

 

3º – Herrero Junior – Equipe Stroke

 

4º – Yuri Rossetti – Equipe Ovelhas Negras