Copa São Paulo de Futebol Júnior 2017 – Copinha: São Paulo é eliminado pela Chapecoense e o Palmiras é eliminado pelo Sport na Copinha.

Copa São Paulo de Futebol Júnior 2017

 

 

Melhor campanha da fase inicial, o São Paulo está eliminado da Copa São Paulo. Jogando na Arena Capivari, contra a Chapecoense, o tricolor não conseguiu tirar o 0 a 0 no tempo normal e caiu nas penalidades por 4 a 2.
 

 

 

Durante os noventa minutos a Chapecoense-SC conseguiu levar a melhor na marcação. Nos acréscimos do segundo tempo chegou a mandar uma bola no travessão do adversário e ainda perdeu Rhainer, expulso por uma entrada em Igor Neves. Na marca da cal o time catarinense marcou com Vini, Bruno, Fauth e Ned. O goleiro Tiepo defendeu a cobrança de Militão e viu Geovane mandar para fora pelo São Paulo. O adversário na próxima fase será o Capivariano, que venceu o Nova Iguaçu-RJ mais cedo.

 

 

 
Em Jundiaí o Paulista conseguiu marcar aos 37 minutos da etapa final e venceu o Atlético-GO por 1 a 0 dentro de casa, no estádio Jayme Cintra. O adversário será o Red Bull Brasil, que passou pelo Vitória. Também diante da torcida, Nenê marcou nos acréscimo e decretou a vitória do São Carlos por 3 a 2 diante do Independente de Limeira. O time são-carlense volta a encontrar o Vasco-RJ na fase seguinte.

 

 

 

 

Após o São Paulo, o Palmeiras é outro considerado favorito eliminado na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Na noite desta terça-feira (10) o time paulista foi surpreendido pelo Sport-PE e perdeu por 1 a 0, na Arena Fonte Luminosa, na cidade de Araraquara. Wallace, logo no início do segundo tempo, fez o gol da classificação do time pernambucano no interior de São Paulo.

 

 

 
O Sport terá pela frente o Batatais na terceira fase da competição. A equipe do interior paulista eliminou mais cedo a Ferroviária nas cobranças de pênaltis após empate por 3 a 3 no tempo normal. Data, horário e local do confronto ainda será definido pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

 

 
Palmeiras e Sport fizeram um primeiro tempo bastante equilibrado. Com posturas ofensivas, os goleiros tiveram bastante trabalho nos primeiros 45 minutos. Logo aos nove, Bala preferiu jogada individual pela direita e finalizou. O camisa 1 Fuzato fez a defesa. A resposta alviverde veio aos 17, quando Sport saiu jogando errado e Cadinho perdeu ótima chance – finalizou para fora.
 

 

 

 

O Palmeiras trocava passes rápidos e chegava com mais frequência ao ataque. Aos 26, Gabriel Barbosa dominou de costas para a área, girou sobre o marcador e chutou. A bola desviou na defesa e quase complicou o goleiro Lucas. Com o jogo lá e cá, cinco minutos depois foi a vez do Sport assustar. Índio foi lançado, invadiu a área e finalizou em cima de Fuzato.
 

 

 

 

No segundo tempo o Sport entrou em campo disposto a complicar o Palmeiras. Por isso, aos dois minutos abriu o placar na Fonte Luminosa. Bala, mesmo que sem querer, fez uma espécie de cruzamento e a bola caiu nos pés de Wallace, que só completou para as redes. Melhor em campo, dois minutos depois o time pernambucano poderia ter feito o segundo gol, mas James chutou colocado e acertou o marcador.
 

 

 

Pressionado, o Palmeiras passou a criar mais para chegar ao empate. Aos dez minutos, Léo Passos cabeceou e o goleiro fez ótima defesa. No rebote, de novo o goleiro do Sport segurou a bola. O nervosismo passou a falar mais alto com o passar do tempo e os palmeirenses passaram a errar mais. Melhor para o Sport, que se fechou na defesa e segurou a vitória mínima para chegar à terceira fase. Os pernambucanos poderiam ter ampliado o marcador em cobrança de pênalti, aos 50 minutos, mas Araçoiaba despediçou.
 

 

 

Confira os resultados desta terça-feira:
 

 

 

Batatais (5) 3 x 3 (4) Ferroviária
Botafogo-SP (2) 1 x 1 (4) Vasco-RJ
Primavera 3 x 2 Santa Cruz-PE
Vitória-BA 0 x 1 Red Bull Brasil
Nova Iguaçu-RJ 2 x 3 Capivariano
Ituano (4) 1 x 1 (3) Atlético-PR
Paulista 1 x 0 Atlético-GO
São Paulo (2) 0 x 0 (4) Chapecoense-SC
Palmeiras 0 x 1 Sport-PE

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da FPF