Copa do Brasil 2015: Santos encara o Maringá em busca da primeira vitória após o titúlo do Paulistão.

Santos x Maringá
Santos x Maringá

 

 

Sem vencer desde que conquistou o Paulistão Itaipava 2015 – Série A1, o Santos volta a campo nesta quarta-feira (13), às 19h30, para receber o Maringá na Vila Belmiro pela partida de volta da segunda fase da Copa do Brasil. Como na ida houve empate por 2 a 2, quem vencer avança no torneio.

 

Para esta partida, o técnico Marcelo Fernandes, diferentemente do que fez há uma semana em Maringá, não irá poupar nenhum atleta. As únicas baixas são o lateral esquerdo Chiquinho e o volante Renato, ambos com problemas musculares. Dessa forma, Victor Ferraz deve ser deslocado para esquerda, abrindo uma vaga para Cicinho na lateral direita. Leandrinho fica com a vaga no meio-campo.

 

 

 

O atacante Geuvânio enalteceu a união do elenco para buscar a vaga na terceira fase. “O professor (Marcelo Fernandes) vai com força máxima para este duelo. Todos estão cientes que é um jogo importante para o Santos seguir na Copa do Brasil. Estamos unidos e prontos para poder jogar nesta quarta”, avaliou.

 

 

 

Sem nenhum desfalque para o embate, o técnico Claudemir Sturion ainda não dsabe se o atacante Edmar, que torceu o tornozelo, tem condições de jogo. Caso o atleta não entre em campo, Gabriel Barcos deve ganhar uma chance.

 

 

 

Dono da camisa 10 do Maringá, o meia Max ressaltou a força do rival. “O time considerado titular do Santos conquistou o estadual mais difícil do Brasil, que é o Paulista. Isso mostra a qualidade deles, mas temos que estar preparados para tudo, independente de quem entrar em campo, treinamos forte nos últimos dias e vamos procurar fazer o que o Sturion está nos pedindo”, contou ao site oficial da agremiação.

 

 

Ficha Técnica

 

 

Santos: Vladimir; Cicinho, Werley, David Braz e Victor Ferraz; Valencia, Leandrinho e Lucas Lima; Geuvânio, Robinho e Ricardo Oliveira.
Técnico: Marcelo Fernandes.

 

 

Maringá: Ednaldo; Ruan, Fabiano, Marcelo Xavier e Edinho; Ítalo, Serginho Paulista, Eurico e Max; Gabriel Barcos (Edmar) e Rodrigo Dantas.
Técnico: Claudemir Sturion.

 

 

 

Árbitro: Wagner Reway (MT);
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz e Leandro dos Santos Ruberdo (ambos MS);
Quarto árbitro: Adriano de Assis Miranda (SP);
Local: estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro, em Santos.
Data: quarta-feira, dia 13, às 19h30.